A tragédia da microcefalia causada por Zica vírus

 aedes_aegypti

“Estamos assistindo ao surgimento de uma geração de sequelados. O impacto será gigantesco”, diz. A chefe do serviço de infectologia pediátrica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, Angela Rocha.

Crianças com microcefalia apresentam um perímetro cefálico menor que 32 centímetros – conforme protocolo internacional que passou a ser seguido pelo País. O cérebro desses bebês também apresenta tamanho reduzido

A talidomida. medicamento desenvolvido na década de 1950 que foi usado por gestantes para combater enjoos, interrompia o crescimento de membros dos fetos, causou a má-formação de  cerca de 10 mil bebês.  Angela Rocha  avalia que a microcefalia vai causar danos maiores.

O Brasil  está diante de uma tragédia sanitária com a  a circulação simultânea de três vírus transmitidos pelo Aedes aegypti (dengue e chikungunya e zica vírus)). Existe uma relação entre o aumento de casos de microcefalia no Brasil causada pelo Zica vírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta para que todos os países aprimorem seu sistema de vigilância para acompanhar a evolução do vírus zika, relacionado especificamente ao aumento de casos da doença.

O Instituto Evandro Chagas fez exames em uma bebê nascida no Ceará com microcefalia e identificou nos tecidos e no sangue da bebê o vírus zika. A partir do resultado desses exames, o Ministério da Saúde confirmou a relação entre o vírus e a microcefalia. E reforçou a mensagem para que a partir de agora deva haver uma mobilização nacional contra o mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão do vírus zika, da dengue e também da chikungunya.

A má-formação pode ser provocada por problemas genéticos, exposição da gestante a drogas ou por transmissão vertical de vírus como herpes, HIV, citomegalovirus,  Nas síndromes que têm como causa doenças infecciosas, bebês apresentam calcificações no cérebro. “ Os bebês também têm maior risco de apresentar problemas na visão, auditivos e locomotores.

Isso significa que esses pacientes precisam ser acompanhados por oftalmologistas, otorrinos e fisioterapeutas, “O impacto será emocional, econômico e social”, disse Angela. Os bebês precisam fazer fisioterapia nos primeiros meses de vida. Os custos são altos e o sistema público do país não oferece  condições adequadas para atender a demanda.

A forma de contágio do zika vírus pode não acontecer somente pelo mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e chikungunya, mas ainda por meio de relação sexual ou aleitamento. Suspeita-se ainda de contágio por via sanguínea, como em transfusões de sangue e transplante de órgãos. As possibilidades estão sendo investigadas pelo Ministério da Saúde.

O estado de Pernambuco  já tem quase 500 casos notificados neste ano, foi o primeiro Estado a avisar oficialmente o Ministério da Saúde sobre o problema, que tem sido associado ao zika vírus, transmitido pelo mosquitoAedes aegypti, responsável também pela dengue.

 

Com 11 páginas, o documento da Organização Mundial da Saúde usa o avanço de casos de microcefalia no Brasil – já são 1.248 – e o registro de três mortes por zika (duas de adultos e uma de recém-nascido) como um dos fatores que levaram o organismo a atualizar as recomendações de vigilância.  Os casos foram notificados em 160 municípios de nove Estados, especialmente da região Nordeste.

Fontes: Estadão, MS, Fundação Oswaldo Cruz, JN.

Deixar uma resposta