Lula foge do depoimento como o diabo foge da cruz

Ccau6cuWwAQQkn8

A defesa do ex-presidente Lula, ajuizou pedido de habeas corpus  preventivo

junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Ele não quer depor no dia 7 para o Ministério Público estadual no Fórum da Barra Funda.

Lula pediu o HC preventivo com medo de ser preso. Ele não tem como explicar as contradições……

O mesmo Lula  disse por diversas vezes que compareceu espontaneamente a outros depoimentos  para esclarecer os fatos.

Onze procuradores afirmam ao STF que investigação contra Lula deve prosseguir

Onze procuradores da República que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato afirmaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) pediram ao STF para que a investigação contra Lula prossiga. Esta é uma reação a solicitação dos advogados de Lula para interromper a investigação. Eles afirmam que não existe duas investigações sobre o mesmo  assunto, conforme alegaram a defesa do petista e destacam que os fatos ocorreram durante o mandato presidencial de Lula. E que isso já é motivo para uma investigação no STF.

“As portarias de investigação indicam diversidades dos objetos”

São duas investigações com fatos diferentes. Uma sobre o sítio e o Triplex  e a outra sobre as propinas na Lava Jato.

“Importante considerar ainda que parte das vantagens, que constituem o objeto da investigação foram supostamente auferidas pelos suscitante (Lula) durante o mandato presidencial, o que justifica por si só a competência federal”, sustentam os procuradores em petição à Corte máxima nesta segunda-feira, 29, em que defendem a manutenção, sob sua responsabilidade, da investigação envolvendo o petista e dois imóveis, um tríplex no Guarujá e um sítio em Atibaia.

lula-lavajato-pr-1

lula-lavajato-pr-2

lula-lavajato-pr-3

Segundo a força-tarefa, “o procedimento de investigação ‘possui a específica finalidade de apurar as supostas vantagens indevidas recebidas pelo suscitante de construtoras investigadas na Operação Lava Jato, materializadas, dentre outros, em imóveis em Atibaia/SP e em Guarujá/SP”

Procuradores afirmam que casal Santana mentiram

“Revelam-se indícios de que, além de terem faltado com a verdade em seus depoimentos, Mônica Moura e João Santana receberam de forma dissimulada, pelo Grupo Odebrecht, quantidade ainda maior de recursos provenientes de crimes cometidos contra a Petrobrás”, destacam os procuradores.
Os procuradores anotam que ‘apesar de João Santana e Mônica Moura terem negado veementemente utilizarem o apelido ‘Feira’ para o recebimento dos valores, as anotações manuscritas apreendidas na residência de Maria Lúcia revelaram claramente que a menção a ‘Feira-Mônica’ corresponde ao casal João Santana e Mônica Moura, uma vez que os telefones anotados abaixo de ‘Feira’ correspondem aos números utilizados por ambos’
“Além disso, a planilha de pagamentos apreendida na residência de Maria Lúcia revela a existência de negociação de R$ 24,2 milhões vinculados a ‘Feira’. Tal tabela relata claramente a existência de 7 pagamentos em que o status da planilha aponta para ‘totalmente atendida’, demonstrando que, dos R$ 24,2 milhões, pelo menos R$ 4 milhões foram entregues pela Odebrecht a João Santana e Mônica Moura, referidos como ‘Feira’ até a data de 3 de julho de 2014.

Lula diz que sítio era para as duas famílias conviverem

“Havia, ainda, a preocupação de Jacó Bittar de oferecer à família do Autor um local onde pudesse acomodar objetos que o Autor havia recebido o povo brasileiro durante os dois mandatos de Presidente da República.”

A peça é assinada pelos advogados dos escritórios Teixeira, Martins & Advogados – do compadre de Lula Roberto Teixeira – e Nilo Batista e Advogados Associados, defensores do ex-presidente.

“A compra das propriedades imobiliárias em questão envolve apenas particulares. Da mesma forma, eventuais reformas que tenham sido realizadas nessa propriedades também envolveram apenas particulares.”

Particulares que fazem gastos e reformas milionárias de graça através de empreteiras envolvidas na Lava Jato. Sim, endendi. kkkkkkkkkkk

O imóvel está registrado em nome de Fernando Bittar, filho de Jacó, e Jonas Suassuna – ambos são sócios de um dos filhos de Lula.

No documento encaminhado ontem ao STF, a defesa de Lula admite que Bumlai realizou as obras, mas negou participação das empreiteiras e relação com a Petrobrás.

“Jacó Bittar, em virtude de doença, transferiu ao filho Fernando Bittar os recursos de suas aplicações pessoais para adquirir a propriedade. Como o valor não era suficiente para a compra integral do sítio (duas matrículas), Fernando celebrou um contrato particular de compra e venda com o antigo proprietário e tentou, no interregno até a escritura definitiva, vender uma outra propriedade, no município de Manduri (SP).”

Segundo a defesa, como a venda não foi realizada, “Fernando convidou o seu sócio, Jonas Suassuna, a participar da compra, o que foi aceito por este último.”

“O Autor somente soube que Fernando Bittar e Suassuna haviam adquirido o “Sítio Santa Bárbara” em 13 de janeiro de 2011, após ter deixado o cargo de presidente da República”, informa a defesa de Lula.
O ex-presidente, que admitiu frequentar o local, disse que a primeira vez que esteve no local foi no dia 15 de janeiro de 2011.

“Todos os recursos utilizados na compra da propriedade são da titularidade da família Bittar e de Jonas Suassuna e foram pagos em cheques administrativos.

Reforma. Conta a defesa que quando foi adquirido por Fernando Bittar e Jonas Suassuna, o sítio tinha apenas dois quartos e instalações com alguma precariedade.

“Foram realizadas reformas com o objetivo de permitir que os proprietários e a família do Autor pudessem conviver no local e, ainda, que fosse possível acomodar, como já dito, os objetos que o Autor ganhou do povo brasileiro durante a Presidência da República.”

Em base nesta defesa a ministra Rosa Weber poderá cancelar ou não as investigações.

Falta ele explicar apenas as cozinha comprada pela OAS e implantada no triplex. Mas isso é fácil……kkkkk Ele chama Pantaleão é diz outra história.

Se essa é a explicação, porque tanto medo de depor esclarecer?

TODOS SOMOS IDOTAS……?????

 

Pela primeira vez, o petista disse publicamente ter recebido o sítio em Atibaia de presente por iniciativa de seu amigo Jacob Bittar, fundador do PT, e de “outros companheiros”.  Na festa do aniversário do PT, Lula disse:

“Ele inventou de comprar uma chácara para que eu pudesse utilizar quando eu deixasse a Presidência. Fizeram uma surpresa pra mim até o dia 15 de janeiro [de 2011]”, afirmou. “A chácara não é minha”, acrescentou.”

A CASCATA DE LULA É MEDO DE MORO

ELE RECLAMA DE DUPLA INVESTIGAÇÃO. NA REALIDADE ESTÁ COM MEDO DE SÉRGIO MORO. PROCURA MOTIVOS PARA ADIAR O DEPOIMENTO PORQUE NÃO TEM COMO EXPLICAR. KKKKKKKKKKK ( JR)

“A duplicidade da investigação, infelizmente para o petista, é uma cascata; é falsa. Lula, com efeito, é investigado no Ministério Público Estadual, mas não no Federal. A promotoria apura se o caso do tríplex caracteriza lavagem de dinheiro. Ocorre que, na esfera federal, Lula não é investigado nem no caso do apartamento nem no caso do sítio.
O que se investiga no MPF é se os imóveis fazem parte da cadeia criminosa do petrolão. Formalmente, não há um miserável inquérito investigando Lula. E é a questão formal que conta.”
REINALDO AZEVEDO

Reflexões de fatos da política nacional

 

A OAS comprou e montou a cozinha. Geladeira de dez mil, micro-ondas de cinco mil…..só para citar as menores despesas..( existem notas fiscais)

A Odebrecht reformou o sítio do amigo.

Ambas empreiteiras estão envolvidas com o Petrolão.

Mas por que diabos as referidas empreiteiras fariam tais obras e de forma gratuiita para pessoas que não são clientes?

E Lula? Enviou mais de 10 caminhões de mudança para o sítio do amigo? EU CONHEÇO “JORNALISTAS” QUE AFIRMAM QUE LULA É INOCENTE, MORO É TUCANO E SÓ PUNE PETISTAS POR MOTIVOS POLÍTICOS.

SE LULA É INOCENTE E MORO FAZ POLÍTICA, EU PERDI O JUIZO. ALGUÉM PODE ME AJUDAR? PRECISO DE INTERNAÇÃO. EU E 95% DO POVO BRASILEIRO QUE PENSA IGUAL A MIM.

 

 

 

Por que somente após 30 anos a amante de FHC resolveu falar? Se crime tivesse ocorrido, estaria prescrito. Mas o ministro da justiça petralha, já tomou providências. No caso Rose, – amante de Lula. ( tráfico de influencia, viagens ilegais com $ público, O ADVOGADO DO PT QUE DIZEM QUE É MINISTRO, nada nada fez.

Jorge Roriz – www.jorgeroriz.com

 

Se Lula não for depor,PF vai busca-lo à força

As informações são da Veja Online:

“O Ministério Público de São Paulo intimou nesta sexta-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sua mulher, Marisa Letícia e o filho do casal Fábio Luiz para que prestem depoimento no procedimento que investiga o tríplex e o sítio de Atibaia.

Todos os depoimentos deverão acontecer na próxima quinta-feira (3). Marisa será a primeira a depor, às 9h. Depois Lula, às 11h e por fim, Fábio Luiz, às 13h.

No documento enviado à família consta que “em caso de não comparecimento importará na tomada de medidas legais cabíveis, inclusive condução coercitiva pela Polícia Civil e Militar, nos termos da normas acima referidas”.”

Suspeito foge do depoimento e pede suspensão da investigação

SUSPEITO , INVESTIGADO,  PODE PEDIR A SUSPENSÃO DA INVESTIGAÇÃO SEM AO MENOS PRESTAR ESCLARECIMENTOS E JUSTIFICAR AS PROVAS ENCONTRADAS E AS CONTRADIÇÕES?

QUEM LULA PENSA QUE É? O DONO DO BRASIL?

ELE ESTÁ ACIMA DA LEI?

SE A MODA PEGA, TODO SUSPEITO VAI PEDIR A SUSPENSÃO DA INVESTIGAÇÃO.

SÓ  FALTA O FERNANDINHO BEIRA MAR,  PEDIR A SUSPENSÃO DAS PENAS ALEGANDO  DIREITO HUMANO  PARA EXERCER A “PROFISSÃO”  DE TRAFICANTE.

Acarajé Fecha o cerco – Campanha de Dilma X Petrolão

Lula_1

As investigações em curso aproximam cada vez mais a campanha petista do esquema de propina da Petrobras. Apesar de o Planalto e a defesa do marqueteiro João Santana negarem a relação, a força-tarefa responsável pela Lava Jato pensa diferente e apura se o operador Zwi Skornicki, preso nesta semana, depositou US$ 4,5 milhões na conta de Santana na Suíça a pedido do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Além disso, nesta sexta-feira (26) veio à tona a informação de que Santava recebeu R$ 4 milhões da Odebrecht durante a campanha presidencial de 2014. Na ocasião, o marqueteiro respondia pela campanha de Dilma. A empreiteira é investigada no escândalo do petrolão.

O 1º vice-líder do PSDB na Câmara, deputado Daniel Coelho (PE), afirmou que a alegação de Santana de que não recebeu dinheiro do petrolão não vem mostrando respaldo nos fatos. Assim como o operador Zwi, o marqueteiro também foi preso nesta semana pela Lava Jato. Ele negou ontem, ao depor, que o dinheiro recebido em uma conta na Suíça tenha relação com campanhas políticas no Brasil. A PF pediu hoje a prorrogação dessa prisão temporária.
Destacados nesta sexta-feira (26) no site da revista “Época”, os documentos obtidos pela PF revelam que a Odebrecht pagou os R$ 4 milhões para o marqueteiro entre outubro e novembro de 2014 no Brasil. Santana e sua esposa, Mônica Moura, que também está presa, admitem apenas que receberam dinheiro de caixa dois no exterior, em campanhas eleitorais na Venezuela e Angola, mas não admitiram nenhuma transação no Brasil. Santana afirma não saber a origem de US$ 7,5 milhões depositados fora do país.  

Brasil pede socorro

Spt

O BRASIL PEDE  SOCORRO. VAMOS TIRAR A ANTA ANTES QUE O PAÍS ACABE. PRECISAMOS DE AGILIDADE. PASSARÁ 20 ANOS PARA RECUPERAR O ESTRAGO. NINGUÉM AGUENTA MAIS. ECONOMIA DO BRASIL DESTRUÍDA POR IDEOLOGIA ESQUERDOPATA, INCOMPETÊNCIA E CORRUPÇÃO

 

Gilmar Mendes manda investigar 7 empresas da campanha de Dilma

gilmar

O vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE),  e ministro do STF, Gilmar Mendes, pediu apuração de pagamentos da campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff feitos a sete empresas que prestaram serviços nas eleições de 2014.

As notas fiscais de prestação de serviço devem ser enviadas ao Ministério Público estadual e federal, Receitas federal e estadual, Polícia Federal e Conselho de Administração de Operações Financeiras (Coaf) “para providências cabíveis”. As empresas apontadas pelo partido de oposição são: Mariana Produtos Promocionais Ltda; Rede Seg Gráfica e Edito

DILMA: QUEM NÃO DEVE NÃO TEME. NÃO DIGA QUE É PERSEGUIÇÃO DE GILMAR OU DA OPOSIÇÃO. A INVESTIGAÇÃO É CABÍVEL. TEM EMPRESA FANSTASMA QUE NO LOCAL INFORMADO COMO SE FOSSE O ENDEREÇO, FUNCIONA UM ACOGUE. KKKK TEM OUTRAS EMPRESAS QUE NÃO POSSUEM COMPENTÊNCIA TECNOLÓGICA E NEM CAPITAL PARA REALIZAR OS VULTOSOS E MILIONÁRIOS SERVIÇOS RELACIONADOS A ELAS.

JORGE RORIZ

O “golpe final”: quebrar sigilo do homem mais honesto do mundo

Segundo um jornalista esquerdopata, Moro prepara o “golpe” final contra Lula. Na próxima terça-feira (01/03) será deflagrada a 24a fase da Operação Lava Jato. Nessa fase, serão quebrados os sigilos fiscal e bancário de 43 pessoas e entidades, Lula,Marisa e filhos.
Espero que o fato ocorra……….
Por que Golpe?
O que o homem mais honesto do mundo poderia guardar de tão absurdo nos seus sigilos:/kkkkkkkk. Quem não deve não teme

Moro enviou provas contra Dilma para o TSE

sergio-moro-senado-AFP-EVARISTO-SA-1024x682

O juiz Federal Sérgio Moro  enviou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), documentos que comprovam o uso de propina do petrolão em campanhas eleitorais da presidente Dilma Rousseff.

“Saliento que os criminosos colaboradores Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa, Pedro José Barusco Filho, Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, Milton Pascowitch e Ricardo Ribeiro Pessoa declararam que parte dos recursos acertados no esquema criminoso da Petrobras era destinada a doações eleitorais registradas e não-registradas. Como os depoimentos abrangem diversos assuntos, seria talvez oportuno que fossem ouvidos diretamente pelo Tribunal Superior Eleitoral a fim de verificar se têm informações pertinentes.”

Moro afirmou que uma sentença sua, no âmbito da Operação Lava Jato, comprovou o repasse de propinas para campanhas eleitorais. Entre os documentos, podem estar os  fornecidos pelo dono da Andrade Gutierrez, que já entregou a Moro áudios com gravações que fez das chantagens feitas pelo ministro Edinho Silva e por Giles Azevedo, exigindo dinheiro para a campanha do ano passado.

“Destaco que na sentença prolatada na ação penal 5012331-04.2015.404.7000 reputou-se comprovado o direcionamento de propinas acertadas no esquema criminoso da Petrobras para doações eleitorais registradas”, escreveu o juiz na referida sentença de outubro passado.

As informações encaminhadas pelo juiz federal ao TSE podem resultar na cassação do mandato de Dilma e Temer.

MORO RESPONDE AS CRÍTICAS DOS ADVOGADOS PETISTAS CONTRA A LAVA JATO. 

“Embora as prisões cautelares decretadas recebam pontualmente críticas, o fato é que, se a corrupção é sistêmica e profunda, impõe-se a prisão preventiva para debelá-la, sob pena de agravamento progressivo do quadro criminoso. Se os custos do enfrentamento hoje são grandes, certamente serão maiores no futuro. O País já paga, atualmente, um preço elevado, com várias autoridades públicas denunciadas ou investigadas em esquemas de corrupção, minando a confiança na regra da lei e na democracia. Impor a prisão preventiva em um quadro de fraudes, corrupção, lavagem e evasão fraudulenta sistêmica é aplicação ortodoxa da lei processual penal.” Observou o juiz

“Excepcional não é a prisão cautelar, mas o grau de deterioração da coisa pública revelada pelos processos na Operação Lava Jato, com prejuízos já assumidos de cerca de seis bilhões de reais somente pela Petrobras e a possibilidade, segundo investigações em curso no Supremo Tribunal Federal, de que os desvios tenham sido utilizados para pagamento de propina a dezenas de parlamentares, comprometendo a própria qualidade de nossa democracia”, escreveu Moro.

Odebrecht avisou Dilma de pagamentos a marqueteiro no exterior

Fonte: VEJA

Dilma Rousseff foi advertida por empreiteiro de que investigações da Lava-Jato poderiam resvalar nos pagamentos secretos das campanhas eleitorais do PT. A prisão do marqueteiro João Santana revela que a ameaça não era blefe e que recursos desviados da Petrobras — “os acarajés” — podem ter financiado a eleição presidencial.

No começo de 2015, Dilma Rousseff recebeu, no Palácio do Planalto, o petista Fernando Pimentel. Ela acabara de conquistar a reeleição. Ele, o governo de Minas Gerais. Amigos e confidentes há mais de quarenta anos, os dois tinham motivos para comemorar, mas trataram de um assunto espinhoso, capaz de tisnar os resultados obtidos por ambos nas urnas. Pimentel trazia um recado de Emílio Odebrecht, dono da maior empreiteira do país, para a presidente da República. O empresário a advertia do risco de que os pagamentos feitos pela Odebrecht ao marqueteiro João Santana, no exterior, fossem descobertos caso a Operação Lava-Jato atingisse a construtora. Emílio exigia blindagem, principalmente para evitar a prisão do filho Marcelo Odebrecht, sob pena de revelar às autoridades detalhes do esquema ilegal de financiamento da campanha à reeleição. Diante da ameaça de retaliação, Dilma cobrou explicações de seus assessores. Deu-se, então, o ritual de negação encenado com frequência em seu governo. Como no caso da economia, cujo desmantelo foi rechaçado durante meses a fio, os auxiliares disseram que a petista havia conquistado o segundo mandato com dinheiro limpo e declarado. Tudo dentro da lei. A “faxineira ética”, portanto, não teria com o que se preocupar.