A estranha recomendação da aceitação das contas do rombo de Dilma

“O governo pôs para circular a versão falaciosa de que, caso o Legislativo rejeite o parecer do TCU, então o processo de impeachment se deslegitima. É evidente que se trata de uma falácia. São coisas distintas. A propósito: ainda que o TCU tivesse recomendado a aprovação das contas, a denúncia por crime de responsabilidade poderia ter sido apresentada.
É evidente, no entanto, que, caso o Congresso rejeite o parecer do TCU e aprove as contas de Dilma, estaremos diante de um sinal de que o impeachment não será aprovado.”
Leia o artigo completo de Reinaldo Azevedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *