Ação Popular contra a posse de Lula no ministério

 O líder do Democratas na Câmara, deputado Pauderney Avelino (AM), anunciou que serão impetradas ações populares nos 27 estados da federação.

A ação popular feita pela consultoria jurídica do DEM (ConJur) tem como base dois pontos: desvio de finalidade e fraude à lei com o objetivo de obter uma liminar que suspenda a nomeação de Lula, caso seja confirmada.

A Além de Pauderney Avelino e do deputado democrata Alberto Fraga (DF, assinam a ação os líderes Rubens Bueno (PPS) e Antonio Imbassahy (PSDB). A medida tem apoio dos movimentos de ruas que se manifestaram no último domingo pedindo a saída de Dilma Rousseff/PT da Presidência.

Deixar uma resposta