O DISCURSO DE TEMER

temer

CREDIBILIDADE:  “fator necessário para que empresários de todas as áreas produtivas se entusiasmem e retornem com seus investimentos”.

Ele defendeu a realização de parcerias público-privadas. “Sabemos que o Estado não pode tudo fazer, que depende dos setores produtivos. São esses dois pólos que irão criar a prosperidade.”

Temer disse também que é preciso apostar no diálogo.

“O diálogo é o primeiro passo para enfrentarmos os desafios e garantir a retomada do crescimento. Ninguém, individualmente, tem as melhores receitas para as reformas que precisamos realizar. Mas nós, governo, Parlamento e sociedade, juntos, vamos encontrá-las.”

“É urgente fazermos um governo de salvação nacional. Partidos políticos, lideranças e entidades organizadas e o povo brasileiro hão de prestar sua colaboração para tirar o país dessa grave crise em que nos encontramos.”

“Não fale em crise; trabalhe’, diz Temer, em seu 1º pronunciamento.

“Inflação alta atrapalha o crescimento e desorganiza a atividade produtiva”, diz Temer.

“Quanto mais cedo reequilibrar as contas, mais rápido o crescimento será retomado.( cortou dez ministérios)”

“Lava Jato tornou-se referência e como tal deve ter prosseguimento e proteção contra tentativa de enfraquece-la”

“Expresso nosso compromisso nas reformas sociais, q não altera os direitos adquiridos dos brasileiros”.

Deixar uma resposta