A Andrade Gutierrez fecha acordo de leniência e vai pagar R$ 1 bilhão de multa

A Andrade Gutierrez fechou, nesta semana, um acordo de leniência com a Procuradoria-Geral da República (PGR). A empreiteira terá que pagar uma multa civil de R$ 1 billhão para ressarcir o prejuízo da Petrobras. A informação foi publicada pelo jornal “Folha de S. Paulo” nesta sexta-feira (27) e confirmada pela RPC. O acordo ainda não foi homologado pela Justiça Federal.

Outras empresas investigadas na Operação Lava Jato tentam ou já fecharam acordo de leniência. A construtora Camargo Corrêa, por exemplo, firmou acordo com o Ministério Público Federal (MPF) para a devolução de R$ 700 milhões.

O tal acordo de leniência foi criado por Lula, com apoio da AGU, na calada da noite,  em pleno carnaval. Consiste em  perdoar empresas envvolvidas na Lava Jato. Ao pagar a multa, a empresa pode voltar a fazer obras para o governo.  Sem a tal leniência, a empresa ficaria “suja” e não poderia mais,  fazer obras públicas.

Deixar uma resposta