A MELHOR DEFESA É O ATAQUE – AVANTE TEMER

Segundo a Folha de S. Paulo, um documento de 30 páginas preparado por  advogados do presidente Michel Temer,  “elenca itens que poderiam dar base formal a diversos questionamentos sobre o acordo firmado com o Ministério Público Federal que isentou Joesley Batista da prisão.

Advogados de Temer pedem ao   Supremo a rescisão da colaboração da JBS, alegando que ela ‘abusou da boa fé dos brasileiros e garantiu a impunidade aos delatores’”.

O documento também “questiona a competência do ministro Edson Fachin para homologar a delação da JBS, tema que será julgado pelo STF na quarta-feira, e sugere que o Ministério Público Federal ‘seja intimado’ a explicar à sociedade por que deixou de denunciar os irmãos Batista”.

LEMRO AOS AÇOUGUEIROS DE PLANTÃO QUE   Michel Temer é um professor de Direito Constitucional

Deixar uma resposta