A Toxidade do fluor

Apresentação em tema: “Arnoldo Velloso da Costa,MD Clínica Nutricional Brasília,D.F.”— Transcrição da apresentação:

1 Arnoldo Velloso da Costa,MD Clínica Nutricional Brasília,D.F.
A Fluoretação Sistêmica: a Maior Fraude
Científica do Século XX
Arnoldo Velloso da Costa,MD
Clínica Nutricional
Brasília,D.F.

2 Homenagem especial Ao Dr Efrain Olszewer, aos 20 anos
de ensino da Medicina Ortomolecular,
à frente de uma valiosa
equipe que ministra cursos em todo o país
vencendo uma oposição fundada em
argumentos não científicos, contrários
à prática dos tratamentos
ecologicamente corretos-, preventivos e curativos,
sem efeitos colaterais

3 Homenagens Ao Dr Olympio Faissol Pinto, odontólogo ilustre,
do Rio de Janeiro que nos
estimulou a fazer essa pesquisa
À Frau Dr Ingeborg Minhorst,
física alemã, inventora do Collagenoson,
aparelho de medir o colágeno
humano por via transdérmica,
fator decisivo na execução
desse ensaio clínico.

4 A Fluoretação da Água: Causa Insuspeita de Sérios Problemas de Saúde Pública
Problemas odontológicos
Problemas
médicos
1.Falhas na prevenção
das cáries
2. Fluorose dental
Problemas já
conhecidos em paises
com suprimento natural
de água rica em flúor
(India,China,Turquia) e
Sicilia(Itália)
Aumento de risco
de osteoporose
2.Redução da fertilidade
masculina
3.Fluorose óssea
4.Causa danos genéticos
5.Risco aumentado de câncer
6.Doenças auto-imunes
7..Hipotiroidismo
8.Disfunções cerebrais
9.Fator de risco de morbidade e
mortalidade na população
envolvida
Prog

5 A Fluorose Dental:um sério problema odontológico
A fluorose dental é não apenas uma questão de estética e resulta do excesso de
flúor despejado na agua das cidades e se acompanha de perda da resistência
dos dentes.Já é um problema endêmico em Brasilia.

6 Fluorose dental:não somente um problema estético.
A fluorose dental é o reflexo do acumulo do
flúor também nos ossos, tireóide, e rins.Na India, Turquia e China,onde há muitos suprimentos de água natural ricos em flúor, é um
problema muito comum.Também em
Brasilia ocorre de forma endêmica
e é uma condição de difícil e onerosa
solução odontológica.Já a fluorose esquelética também existe, mas não é diagnosticada em um grande segmento da população brasileira, cuja cadeia alimentar é suprida com água fluoretada.

7 O Flúor e a Fluorose Dental
A fluorose dental também
ocorre em áreas não fluoretadas
em virtude do uso
de comprimidos ou vitaminas
contendo flúor.
O O flúor interfere com a açao
dos ameloblastos,as células
que produzem o esmalte
gerando uma estrutura
dental anômala
A fluorose dental foi encontrada em
crianças vivendo em áreas fluoretadas
(24.9 %) e em crianças oriundas de áreas
não fluoretadas(4.9 %)na Nova Zelandia
Colquhoun,J.”Disfiguring Dental Fluorosis in Auckland”,,New Zealand,
Fluoride,Volume 17, pp.(1984)234

8 Efeitos da fluorose esquelética devida à água natural rica em flúor
Ao atingir o nivel de 5 ppm de fluor no organismo,pela
múltipla presença da água fluoretada na cadeia alimentar e no-
preparo de alimentos, sucos, refrigerantes, cervejas, vinhos
e conservas-ocorre a fluorose esquelética,cujos efeitos são
atribuidos erradamente ao envelhecimento natural.Carências
nutricionais de magnésio, cálcio e vitamina C agravam
o quadro mórbido
Nas vilas do distrito de Dharwar, na India, há
muitos inválidos por lesões ósseas ,
resultantes do consumo de água rica em fluor,
em níveis até abaixo do prescrito para a
fluoretação artificial( ppm), que é de 1 ppm.
The Hindu, Jan, 24, 1982”Relief Elusive as Life is Crippled.

9 O Flúor e Patologias Correlatas nos EUA
Nos EUA, foram descritos casos de
osteoartropatias,diagnosticadas como
artrites correlacionadas com o consumo de
agua com 1 ppm de flúor.Houve reversão
dos sintomas com a abstenção da água,
e dos alimentos nela produzidos, bebidas,
conservas e dentrifícios contendo flúor.
Waldbott, G, et al.,Fluoridation:The Great Dilemma.,Coronado Press,
Lawrence,KA, 1978.

10 um lavrador da província de Guizhou,está inválido e só se
Há fluorose óssea em 2 milhões de chineses que consomem água potável rica em flúor
Chang Huaixiang,
um lavrador da província de
Guizhou,está inválido e só se
mantém em pé com a ajuda
de muletas.O aumento do
flúor na cadeia alimentar
aumenta o risco de problemas.

11 Porque a fluoretação da água?
Histórico sinistro:
A primeira ocorrência de fluoretação da água na história foi nos campos de concentração da Alemanha nazista.O objetivo da ação
farmacológica do flúor sobre a reação dos prisioneiros era mantê-los calmos e submissos
para toda a sorte de atrocidades.O flúor
é um dos principais ingredientes de
venenos de ratos e baratas, e de
drogas anestésicas e hipnóticas,
assim como de armas químicas.
Shames & Shames:”Thyroid Power,”pg 173. Ed.Harper, 2001
Borkin,J.T,The Crime and Punishment of I.G.Farben, Free Press,Macmillen,1978

12 Esforço Bélico nos EUA leva ao Lobby do Flúor
O esforço bélico realizado pelas indústrias de aluminio e fertilizantes na II Guerra Mundial,deu ensejo a processos
de indenização por danos em colheitas de
frutas,doenças no gado e nas pessoas nas
fazendas das proximidades,em virtude da
liberaçao pelas chaminés do fluoreto de
sódio, o dejeto industrial,que é corrosivo
e tóxico,também usado como raticida e
inseticida.

13 A Criação do Lobby da Fluoretação I
USHPS:(United States Health Public Service)
ALCOA:(Aluminum Company of America)
OMS:Organização Mundial de Saúde
Um controverso estudo orientado por
Andrew Mellon,da ALCOA, no cargo
de Diretor do Tesouro dos EUA,ao
qual está subordinado o USHPS,
orientou uma discutida pesquisa
proclamando que 1 ppm de flúor
reduzia a incidencia de cáries em
60% e foi proposta a fluoretação
das águas municipais americanas.
Da noite para o dia,o preço do fluoreto,
descartado como refugo industrial,
subiu mais de 1000 %.
O lobby difundiu
a idéia para outros
paises,até com o apoio
da OMS,embora
a França, Itália e
Noruega jamais
tenham autorizado a
fluoretação,hoje
banida em 97 %
dos paises do mundo.

14 A Fluoretação não é Ética pelas Seguintes Razões:
.
4) Há desconhecimento de
que alguns individuos são
mais vulneráveis do que outros.
1.Viola o direito
individual de haver
um consentimento prévio
antes da medicação.
2. A prefeitura não
pode controlar a dose de
cada paciente.
3) A prefeitura não pode
determinar a resposta de
cada individuo.
5)Viola o código de
Nurenberg sobre
experimentação médica
no homem

15 Criação do Lobby da Fluoretação II
Visões antagônicas
Contra o flúor
Pró-flúor
O flúor é um veneno
protoplásmico,cumulativo
no organismo,
que afeta
a estrutura e a função
dos tecidos e orgãos,
sobretudo a tireóide,
os ossos e os rins,
acelera o envelhecimento
e aumenta o risco de
câncer e doenças
auto-imunes.
O flúor é bactericida
e destroi o
Streptococcus mutans ,
um dos germes que
produzem as cáries e pode
mineralizar os dentes
reforçando o esmalte
dentário,transformando
a hidroxiapatita no
fluoroapatita,que é
mais resistente.Todavia,
pode afetar os dentes
produzindo a
fluorose dental e é
controversa a
prevenção de cáries

16 O Flúor , a Bomba Atômica e a Ação Lesiva sobre o Cérebro
Para desenvolver a bomba
atômica,milhões de toneladas
de flúor foram produzidas,e muitos
processos surgiram por impactos
ambientais.Antes do advento do
lobby pró-fluoretação,sabia-se
da capacidade do flúor produzir
danos cerebrais,segundo estudos
secretos para pesquisar os efeitos
desse tóxico sobre os operários em
atividade no desenvolvimento da
bomba atômica, os quais se queixavam de
fadiga mental, déficits cognitivos e falhas de
memória .
Atomic Energy Commission
Griffiths J e Bryson, C: Toxic Secrets:Fluoride And The Manhattan Project,1997.

17 Ligação do flúor com drogas antidepressivas
O flúor está na fórmula de antidepres-
vos como o Prozac e pode ter efeito somatório
com o flúor presente na cadeia alimentar
(água e alimentos).O hipotiroidismo,
potencialmente induzido pelo flúor
pode provocar vários sintomas psiquiá-
tricos,incluindo depressão e
e surtos psicóticos de agressividade.
O flúor e o iodo são halogênios e antagônicos; o
excesso de flúor no corpo produz quase invariavelmente
hipotiroidismo, de forma clínica ou subclínica

18 O flúor e a função cerebral
O flúor age sobre o cérebro,cuja
função de alta atividade metabólica
depende do suplemento de energia,
reduzido por ação toxica em múltiplas
inibições enzimáticas
Os efeitos são cumulativos: fadiga
cognitiva, dificuldade para exercícios
mentais e problemas de memória

19 Os Distúrbios Próprios do Envelhecimento, podem ser acelerados pela Intoxicação Crônica com o Flúor
A exposição crônica ao flúor
da água filtrada da torneira
causa intoxicaçào crônica
A aceleração do processo de
envelhecimento ocorre no âmbito
bioquímico por inibição
enzimática, alteração do colágeno,
danos no DNA e descontrôle do
sistema imunitário.
Amarjit Singh, “Endemic Fluorosis”, The Toxicology of Fluorine,Symposium
Bern,pp (1964).

20 Comparação dos niveis de QI em crianças de duas cidades chinesas
abastecidas naturalmente de água com níveis diferentes de fluor
Zhao,LB et al.:Effect of high fluoride water supply on children’s intelligence.
Fluoride,1996, 29(4);

21 A intoxicação pelo flúor e o déficit cerebral:um estudo marcante
Estudos experimentais em ratos,
em doses equivalentes aos
humanos consumindo água
fluoretada mostraram que o
flúor induz deficits do QI com
falhas de memória e deficits de
aprendizagem
Estudo da
Profa.Phyllis Mullenix
Department of
Neuropathology,
Harvard University.
-Pesquisa de 10 anos
sobre a toxicidade do
Flúor-

22 Efeitos cumulativos do flúor no cérebro
O flúor se acumula
nos tecidos cerebrais
Os efeitos sobre
comportamento
dependem da idade
de exposição ao flúor
Os níveis de flúor nos
experimentos eram
menos de 1/10 da dose
empregada na fluoretação
tópica meia hora após
aplicação do gel de flúor.
A gravidade dos efeitos comportamentais
é correlacionada com os níveis de fluor
no sangue e no cérebro.
Os humanos estão expostos
a niveis de flúor capazes
de produzir em ratos
disfunções motoras e déficit
de memória ,equivalentes à
baixa do QI em crianças.
Mullenix,P.J. et al.J.Neurotoxicol.Teratol.
1995,

23 O flúor sistêmico e o depósito anormal na glândula pineal
A pineal acumula um depósito de calcio nos “ corpora arenacea” (areia cerebral)composta de carbonato de calcio, fosfato de cálcio, fosfato de magnésio. O flúor acumula-se nessa área X mais do que em outras áreas cerebrais induzindo inibição da produção da melatonina com disturbios do sono e puberdade prematura em meninos e meninas.
Luke,JA.Effect of fluoride on the physiology of the pineal gland.Caries Res.
1994;28;204

24 O Flúor , o Lixo Tóxico e a Longevidade Cerebral
‘” O flúor é proveniente da indústria de lixo tóxico, o que significa que também é altamente tóxico.Então, se por um lado, ele mata germes, por outro também interfere no programa genético do ser humano .E faz isso matando as células da epífise , que são responsáveis, por no mínimo, 25 % da longevidade cerebral”.
O O
Callegaro, J.: Mente Criativa, a aventura do cérebro bem
Nutrido, Editora Vozes, 2007, pg.22,

25 Aceleração do Envelhecimento
Kizilkaoern, uma vila da Turquia: teor de fluor natural :5.4 partes por milhão
As crianças e o único cavalo
da cidade tinham manchas
escuras nos dentes(fluorose
dental)
Os habitantes da aldeia tinham mais
fraturas nos braços e pernas do que
os turcos, em geral
Homens e mulheres tinham envelhe-
cimento prematuro com pele
fortemente enrugada e havia
incapacidade de regeneração do
colágeno perdido.
Os aldeões sofriam de múltiplas
lesões ósseas: juntas calcificadas
e presença de excrescências
ósseas(osteófitos)
“Das Dorf der jungen Greise.“” Stern, Nr. 30,pp ,
, 1978
Vide o próximo slide.

26 Fluorose esquelética na população de uma aldeia turca

27 Insegurança da Fluoretação da Água
São conhecidos os efeitos da ingestão
do flúor: fluorose dental e esquelética,
lesões renais, mutações genéticas e câncer.
Paradoxo das Leis Ambientais Americanas
Caso o fluor fosse
liberado no ar
pelas chaminés das
fábricas,seria considerado
um poluente.
Também,se fosse despejado nos
rios ou lagos seria considerado um
poluente.
No entanto, é diluido no abastecimento das
aguas e não é considerado poluente, o que é
absolutamente inexplicável e inaceitável.

28 Um Acinte à Saúde Pública:Dejeto Industrial Introduzido no Abastecimento de Águas
Segundo relatório do EPA, 91% dos americanos estão ingerindo na água fluoretada fluossilicatos,
obtidos de refugos industriais de indústrias de
fertilizantes(fosfatos). Esse refugo industrial
jamais seria disperso em outro ecossistema por
conter contaminantes como arsênico,chumbo,
cádmio,mércurio e substancias radioativas e,
no entanto, é despejado no abastecimento público de águas.Não há estudos sobre a toxicidade dos fluossilicatos e o MCLG para o arsênico,chumbo,cádmio e mercúrio e substancias radioativas é de 0.0 ppb. A presença desses contaminantes contraria totalmente os principios sanitários do EPA….e do IBAMA.
MCLG:nivel contaminante máximo
EPA: Environmental Protection Agency
EPA Science Congress Forum on Fluoridation(May 6,2003)

29 O Flúor e a Progressão da Fluorose Esquelética
A progressão de depósito do flúor
no esqueleto progride à
razão de 2 mg por dia , e geral-
mente a fluorose esquelética se
manifesta após 40 anos de
exposição ao flúor
Review of fluoride.Benefits and risks.US Department of Health and Human
Services. Feb 1997:17

30 Ascensão e Declínio do Lobby da Fluoretação
Organizações Científicas e Médicas que retiraram o endosso à
Fluoretaçao desde 1990
American Academy of
Allergy & Immunology
American Academy of
Diabetes
Child Study
Association of
America
American Cancer
Society
American Psychiatric
Association
American Nurses
Association
National Kidney
Association
Society of
Toxicology

31 Um Dado Alarmante: a Mortalidade Produzida pelo Flúor
Se Vc vive em uma cidade suprida com
agua fluoretada, torna-se um dos
100 milhões de americanos que
estão sendo envenenados e um dos
a que morrerão
anualmente de complicações
produzidas pelo flúor.
Lembrete para os norte-americanos
John Yamouyiannis:Fluoride, the Aging Factor,
1996

32 Informações falsas sobre a fluoretação
Lobby pró-fluoretação
Fiasco do cálculo toxicológico
O calculo para prevenir a temivel fluorose
esquelética do toxicologista H.C.Hodge
(1953), baseou-se no clássico estudo do
colega dinamarquês Kaj Roholm(1937)
em operários de criolita(54 % de flúor),mas não fez a conversão de mgs
em libras e afirmou que a dose preventiva da fluorose óssea seria de
20-80 mg/dia durante a.O erro foi
corrigido só em 1979,após revisão feita
por Darlene Sherrell.Doses maiores por
curtos períodos têm o mesmo efeito de
doses menores por longos periodos
O fluor é totalmente
inócuo e não tem
nenhum efeito
colateral, além
de fortificar os
dentes.A dose
diária seria de
1 ppm(1 mg/dia)
se o consumo
de água fosse
de 1 L/dia,o que
e inviável em um
país tropical..

33 Advertencias feitas há mais de 70 anos
O reconhecimento da intoxicação
crônica pelo flúor exige taxa
adicional de insalubridade
Há necessidade das
indústrias destruirem
os dejetos relativos
ao flúor
Deve ser proibida o trabalho de
mulheres e jovens em atividades
com o fluor que desenvolvam
poeira ou vapor
Pode ser necessária a
proibição de remédios
contendo flúor
Roholm,K.:Fluoride intoxication, quoted by
C.Bryson:Fluoride, the Great Deception, p. 27

34 Incrivel! A Toxicidade do Flúor reconhecida pela ADA há mais de 70 anos foi ignorada
ADA:American Dental Association
“Os registros sobre a toxicidade dos elementos apontam
que o flúor, o chumbo e o arsênico como aqueles
tóxicos que intoxicam em doses diminutas.
É crescente o número de evidencias sobre a intoxicação
causada pela ingestão prolongada de
pequenas quantidades de flúor”.
The Journal of the American Dental Association,23: ,1936

35 Flúor: dados conflitantes
“Todo químico sabe que a toxicidade do
flúor é superior à do chumbo e pouco
inferior à do arsênico.Todavia,em 1945, seu
potencial como veneno foi revogado
por “cientistas americanos” e o fluoreto
de sódio, usado como raticida e inseticida,
prescrito como “salvador dos
dentes”e autorizada a sua deposição nos
abastecimentos públicos de água.”
Isaacson,Robert e KP Jenson, The Vulnerable Brain and Environmental Risks,
Vol. I e 2. New York, Plenum Press.

36 O Flúor e a Função Renal Alterações da Função Renal foram constatadas
em pacientes com fluorose dental e fluorose
esquelética por pesquisadores da Clinica
Mayo.Os níveis de flúor na água eram de 1.7 e
2.6 ppm.Os AA. admitem que o flúor pode ter
lesado diretamente os rins, ou agravado uma
lesão renal pré-existente.
Pesquisas do Primate Research Center de Atlanta apontaram que
1 a 5 ppm de flúor na água interferem com as enzimas renais e comprometem a função renal
Juncos,L e J.Donadio, Renal Failure and Fluorosis., JAMA,222:783-
785, 1972

37 O Flúor e a Relação com os Índices de Mortalidade
Estudo inicial de duas cidades texanas,
Bartlett com 8 ppm e Cameron com 0,4 ppm,
evidenciaram uma mortalidade geral 3 X maior
na primeira cidade em relação a segunda.
Os dados foram confirmados pela pesquisa do Center for Disease Control and the Safe Water Foundation, que apontaram que
há um excedente anual de
a mortes em áreas que usam água fluoretada (1 ppm)
Erickson,JD, “Mortality of Selected Cities with Fluoridated and
Non-Fluoridated WaterSupplies, NEJM, 28, , 1988

38 Uma falha experimental:animais que não sofrem de cáries como referêncial
Experiencias com o flúor foram feitas em ratos-
que não sofrem de cáries, mas sofrem de
fluorose dental por ação do flúor .Na experiencia foi usado o
fluoreto de sódio com água distilada e ração
especial. O fluoreto de sódio valeu no
experimento como “preventivo das cáries”,
embora ratos não sofram de
cáries dentárias, mas podem sofrer de
fluorose dental se expostos ao flúor.

39 A fluorose esquelética:uma verdadeira bomba relógio oculta no organismo que deve ser desativada.
A fluorose esquelética , dissimulada sob a forma de uma artrose nos joelhos, e hipotiroidismo,
pode ser o prenuncio da eclosão de
complicações como um câncer de evolução rápida (melanoma),
ou uma doença auto-imune(vitiligo), e
emergência digestiva com obstrução intestinal em idoso, seguida de óbito,precedido de insuficiencia renal e parada cardíaca.O paciente tinha recomendado que a comida fosse preparada com água mineral, uma exigência prometida mas não obedecida pela esposa.
Solução: cozinhar com água mineral magnesiana com baixo teor de fluor.O FLÚOR contido na água da torneira atravessa os filtros convencionais e aumenta a concentração durante a cocção dos alimentos

40 A melhor prevenção é evitar o efeito cumulativo do fluor diluido na água
Ao aquecer a água no
preparo dos alimentos,
há ebulição da água ,e o
flúor torna-se mais
concentrado a ponto de
atingir o nível TÓXICO de
8-10 ppm,capaz de provocar
a fluorose esquelética com
todo o séquito de
complicações.
A água das cidades brasileiras
fluoretadas artificialmente
contem 1 ppm(1 mg/L) de
fluossilicato de sódio
Solução recomendável: COZINHAR COM ÁGUA MINERAL MAGNESIANA COM BAIXO TEOR DE FLÚOR(< 0.2 ppm(0,2 mg/L)

41 O Colágeno
Pesquisa com o Collagenoson
sustenta a base da arquitetura da trama do tecido conjuntivo
e provê a elasticidade da pele.
Também influencia a forma,a proliferação e a função metabólica, –
mas precisa de manutenção.

42 Porquê?
A pele fornece a informação referente ao processo de envelhecimento individual.
A pele é o indicador do inicio das falhas de estrutura dos ligamentos, tendões , músculos e vasos.

43 ! Medir e descobrir no Collagenoson !
O que deve ser feito?
! Medir e descobrir no Collagenoson !

44 Comparação do nivel de cólageno em áreas fluoretadas e não-fluoretadas
Grupos de estudo clinico:200 mulheres entre a. pesquisadas com o Collagenoson.Comparação entre Brasilia(fluoretada) e cidades alemães(não fluoretadas).
Brasilia
(fluoretada)
76 % de
colágeno
deficitário
Cidades alemães
(não fluoretadas)
18 % de
colágeno
deficitário

45 Efeito nocivo do flúor sobre o colágeno
A ação do fluor é deletéria para a produção celular de diversos tipos de
colágeno, a proteina mais abundante do organismo, presente sobretudo na
pele, ossos, ligamentos, tendões e músculos e componente da estrutura de
suporte e da estrutura(estroma) de orgãos,
Yiamouyannis,J.: Fluorida,The Aging Factor,,Health Action
Press,1986, p,32

46 Patologias raras da coluna vertebral frequentes na era pós-fluoretação
A patologia ao lado,
a estenose espinal
nunca foi observada
em Brasilia, na minha
prática neurocirúrgica
e é frequente após 1975.
Nos EUA, ocorreu
o mesmo fato,
descrito pelo neurocirurgião
Russel Blaylock.
Em 1975, foi adotada
a fluoretação no Brasil como
suposto preventivo das cáries.
Yiamouyannis,J.: Fluorida,The Aging Factor,,Health Action
Press,1986, p,41

47 A Real Politik e a Fluoretação da Água
Safe Drinking Water Act
Nos EUA ,a FluoretaçAo da
Água é uma violação
do Safe Drinking
Water Act
É ilegal que o Governo Federal
endosse, promova, obrigue ou
financie a fluoretação da água
potável”.
No entanto, destinam verbas
para fins inespecíficos para
uma cidade-alvo, que é
trabalhada, a seguir, pela
ADA, que com os recursos
disponíveis, insiste na imediata
fluoretação da comunidade.
ADA(American Dental Association)

48 Mecanismo da Ação Tóxica do Flúor
Proteinas funcionais
Proteinas estruturais
Enzimas
Colágeno
Patologias auto-imunes,dis-
turbios digestivos,renais e
cardiacos
Patologias osteo-
articulares e musculares

49 Prevenção do ataque do flúor sistêmico
Preparo dos alimentos
Água destilada
Filtros de osmose
reversa
Evitar bebidas e conservas
preparadas com água
fluoretada(vinho, cervejas
e refrigerantes).
Preparo dos alimentos com
água mineral magnesiana
com teor de
flúor inferior a 0.2 ppm
(0,2 mg/L)
Optar por sardinhas
ou conservas produzidas
em paises que baniram
a fluoretação artificial

50 IMPORTANTE NOTA SOBRE O FLÚOR
“O Flúor é veneno, é cumulativo, atravessa a
barreira sangue-cérebro, atravessa a
barreira placentária, contamina o leite
materno e demonstradamente modifica
o comportamento das gerações que se
sucedem desde os anos 50”
Dr. Olympio Faissol Pinto, professor de odontologia, no prefácio da monografia
de M.Lacombre Camargo: O Dossier Flúor , datado em 30/04/2007.

51 O Flúor arruina o colágeno do organismo
O flúor rompe a estrutura
do colágeno e altera
a composição dos tecidos
e orgãos e
impede a formação de novo
colágeno
A interferência do flúor com as enzimas responsáveis
pelo colágeno específico dos tecidos e orgãos leva ao déficit do
colágeno nos ossos, tendões, músculos, pele, cartilagens,
pulmão e traquéia.
O flúor calcifica os tendões, músculos e ligamentos, tornando-os
crepitantes,doloridos e rígidos.Ao mesmo tempo,
interfere com a mineralização dos ossos e dentes,
causando osteoporose e manchas nos dentes

52 Introdução à Fisiologia do Colágenoi
Produção do colágeno pela célula normal
Yiamouyannis,J.: Fluorida,The Aging Factor,,Health Action
Press,1986, p,32

53 Alterações do DNA induzidas pelo Flúor
Observe-se a alteração da estrutura do DNA por
ruptura das ligações de hidrogênio e lesão dos cromossomos
Yiamouyannis,J.: Fluorida,The Aging Factor,,Health Action
Press,1986, p,80

54 O flúor e a fluorose dental e esquelética
Nas formas graves, a fluorose
esquelética produz invalidez
com a calcificaçào dos
ligamentos ,perda da massa
ossea e problemas neuroló-
gicos por compressão da
medula
Com o acúmulo do flúor os
ossos tornam-se frágeis com
aparência inicial de aumento da
massa óssea,mas ocorre rigidez
e dores nas articulações.
Blaylock.R. Fluoride, pg,

55 A Fluorose Esquelética e as Doenças Auto-imunes
A alteração da
molécula proteica
pode levar à uma
reaçao de corpo
extranho e
provocar uma doença
auto-imune.
Yiamouyannis,J.: Fluorida,The Aging Factor,,Health Action
Press,1986, p,22

56 O flúor e os danos do DNA
O flúor na concentração de 1 ppm(1 mg/L) inibe o sistema de reparo do DNA e torna-se cancerígeno, Os dados clínicos confirmam esses dados em nossa experiência em Brasilia..
Klein,W.: DNA repair and environmental substances.Zeitsch.für angew.Bäder und
Klimaheilkinde.24, 3,: ,

57 Calcificação patológica produzida por intoxicação cronica do flúor II

58 Calcificação do colágeno subcutâneo produzido
pelo flúor sistêmico

59 Antídoto para o flúor contido em alimentos
O fluor tem grande afinidade
com o cálcio-por isso se deposita
nos ossos.Deve-se tomar uma
cápsula de 500 mg de piruvato
ou carbonato de cálcio
antes de qualquer refeição
feita fora de casa.Em geral, os
grelhados e as saladas contêm
um teor menor de flúor e devem
ser preferidos.

60 Ação do Flúor no Colágeno:Tecidos que Calcificam e não Calcificam
Uma característica do colágeno de
certos tecidos, como os ossos e os
dentes é a calcificação, própria ao
tipo de atividade funcional.
Graças à sua ação tóxica,o flúor altera a
estrutura de tecidos produzindo calcificações
intra-articulares,nos tecidos moles
e nas membranas interósseas.Também
há enfraquecimento de ligamentos,tendões e
músculos,mais sujeitos a
rupturas em quedas e esportes.

61 Calcificação patológica produzida por intoxicação cronica pelo flúor

62 A fluoretação sistêmica e as osteo-artropatias
Embora as artrites não ocorram em todas as pessoas que
consomem água fluoretada, há tendência a um desenvolvimento
prematuro de artrites, osteoporose e fragilidade óssea que
pode ocorrer em todos os que consomem água
fluoretada, ou que aumentam o flúor na cadeia alimentar
John Yiamouyiannis: the aging factor,

63 O envelhecimento e a fluoretação da água
A exposição crõnica ao fluor
da água da torneira produz
uma intoxicação crônica
A aceleração do envelhecimento ocorre ao nível
bioquímico por inibição enzimática, disfunção na produção do colágeno, lesões do DNA e desregulação do sistema imunológico

64 Calcificaçâo do colágeno cutâneo e a esclerodermia
O quadro clínico da esclerodermia é a produção de
um colágeno anormal na pele, no coração, nas
artérias, no pulmão e nos rins, patologias que
podem ser produzidas pela intoxicação crônica
pelo flúor.
O advento dessas
doenças pode ser precedido
de outros sintomas produzidos
pelo flúor,tais como
degenerações ósseas e
hipotiroidismo
Ào
Waldbott,G et al. Fluoridation,the great dilemma.Coronado Press,1978.pp.110.

65 O cancer e a fluoretação sistemica
Um estudo do US Public Health Service
determinou a mortalidade por câncer na cidade de Grand Rapids,Michigan, pós-fluoretação,e registrou um aumento de 22 %
em confronto com a cidade de Muskegon,
Michigan, não fluoretada.
O flúor tem correlação com
cânceres ósseos e
da boca,,tanto em animais
como em humanos pela
perda de reparo do DNA,
A disfunção do Sistema
imunitário pode levar ao
aparecimento de
melanomas,outros
cânceres e doenças
autoimunes ,tais
como vitiligo e diversas
formas de artrites.
Yiamouyiannis,J.:Floride, the aging factor. ,3d Ed.Pp. 86

66 Ação nociva do flúor sobre a Tireóide
Desde 1854, é sabido que o flúor é um dos
mais potentes inibidores da tireóide,
principalmente em áreas deficitárias de iodo.Na maioria das
vezes a mudança para uma cidade não fluoretada nos EUA,
normalizou a função tireóidea de pacientes.Justifica-se usar
agua mineral no preparo dos alimentos e bebidas
como preventivo da disfunção tireoidea e do
envelhecimento prematuro, do câncer e doenças auto-imunes
.
Langer,S. & J.Scheer:Solved the Riddle of Ilness,p.35,Keats,2000.
Erickson,JD.:Mortality of Seclected Cities with Fluoridated and
Non-Fluoridated Water Supplies.NEJM,298: (1978).
US Center for Disease Control and the Safe Water Foundation,2000

67 O flúor e a fadiga cronica
A exposição ao flúor na água, bebidas e alimentos
leva à intoxicação crônica, que é confundida com
os sintomas da velhice
Os seguintes sintomas: dispepsia, fadiga, artrite, constipação
Intestinal podem ser devidos à inibição da tireoide causada
pelo flúor.Há uma verdadeira epidemia de hipotiroidismo
e câncer da tireóide no Brasil, que pode ser atribuida à
fluoretação sistêmica.

68 O flúor não é tolerado pelos peixes de aquário.
Há necessidade de filtrar a agua dos aquários com os filtros
de osmose reversa, já que a toxicidade do fluor é incompatível
com a vida dos peixes em aquários.

69 O flúor não é um elemento essencial à vida
Sob condições estritamente rigorosas, constatou-
se que o flúor não tem qualquer influência sobre o crescimento e o desenvolvimente de ratos.Também não se constatou nenhuma alteração das estruturas dentais com a ausência do flúor.É justificável concluir que o flúor não exerce qualquer valor na nutrição nem na manutenção da saúde dental..
O fluor já foi
empregado como raticida e
como inseticida
Maurer,R, and H.G.Day,”The non-ssentiality of Fluorine in Nutrition.Journal of
Nutrition,1957,62,

70 Acúmulo do flúor nos ossos do quadril
“ Os residentes de cidades fluoretadas têm o duplo de teor de
flúor nos ossos do quadril do que a média da população não fluoretada .
. Constatou-se que o flúor está realmente alterando a estrutura básica dos ossos humanos. No Canada, estamos gastando mais dinheiro no tratamento da fluorose dental do que no das cáries e isso inclui minha própria clínica.As crianças abaixo de 3 anos jamais deveriam usar dentrifícios com flúor ou água fluoretada, e a fórmula para bebês jamais deveria ser feita com o uso da água de torneira fluoretada de Toronto.“
Limeback,H:”addressing his faculty and students at the University of Toronto”
.The Tribune,Dec 5, 1999.

71 Interferência com o colágeno do organismo
Deterioração da cola natural do corpo
O flúor interfere com
a síntese normal do colágeno
em diversos tipos de célula
que é mineralizado nos
dentes e ossos, ao
passo que é desmi-
neralizado em outros
tecidos.O flúor pode calcificar
tecidos que normalmente não
são mineralizados., tais como na
pele, tendões e
ligamentos.

72 O flúor como fator de envelhecimento
Tanto o processo de envelhecimento,
como o aumento do flúor na cadeia
alimentar alteram o controle fisiológico
da mineralização do colágeno e o dano
cumulativo nas células que o produzem
e leva às doenças relacionadas
com a velhice, tais como artrites,
arteriosclerose, osteoporose e
pele enrugada.
.

73 O flúor e o sistema imunitário
Efeitos do flúor na migração dos leucócitos(quimiotaxia)
Concentração do flúor
Tempo de exposição
Velocidade da migração
0 ppm
30 minutos
100%
0.2 ppm
92%
2 ppm
85%
20 ppm
65%
200 ppm
0 %
Wilkinson,Peter:Inhibition.of the Immune system with low levels of fluoride,Testimony before the High Court of Edinburgh,1982.

74 Inibição de Enzimas induzida pelo Flúor
Concentração do Flúor
Inibição por Cento
Acetilcolinesterase
1 ppm
61 %
Glutaminosintetase
100%
Reparo do DNA
50%
Pterindeaminase
0,6 ppm
50 %
Pirofosfatase alcalina
0,4 ppm
52 %
O flúor interfere com as enzimas até em menor concentração do que a dose recomendada para fluoretar as águas das cidades.Essa lista foi determinada pela US National Academy of Sciences and pela WHO.

75 Flúor e iodo:dois halogênios antagonistas
O excesso de flúor na cadeia alimentar
interfere com a função do iodo na
tireóide e produz um quadro de
hipotiroidismo.Como o flúor passa pela
barreira hematocefálica,pode
na gravidez, afetar o desenvolvimento
cerebral do feto.
p

76 A Fluoretação:um Jogo Sujo de Intimidação
ADA :American Dental Association
O bioquímico John Yiamouyiannis ao
fazer críticas contra a fluoretação,in-
formando que os dentistas oponentes
do método eram censurados ou perderam
a filiação à ADA ,foi obrigado a resignar
da sua posição como editor do Chemical
Abstracts Service por pressão do lobby
pró-fluoretação, que retirou um milhão e cem
mil dólares de fundos para a revista.
ãoao

77 Toxicidade natural do flúor
Ocorre em níveis de 0,001
até 0,1 ppm
Fluoreto de cálcio
ou Fluoreto de
magnésio
Os niveis baixos de fluoreto de cálcio
são eliminados naturalmente do organismo
por ser o CaFl2 relativamente insolúvel.Todavia,
em 16 estados da India,os niveis de CaFl2 entre
5 e 13 ppm,há fluorose esquelética endêmica e
6 milhões de crianças não frequentam a escola
pela gravidade das lesões osteoarticulares.