A vergonhosa prisão do vice-presidente do Facebook

diego-dzodan-facebook2-g1

O argentino Diego Dzodan, vice- presidente do Facebook, passou uma noite no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros, em São Paulopor receber uma ordem judicial , emitida pela Justiça de Sergipe, determinando a apresentação da troca de mensagens entre traficantes de drogas no Whatsapp (aplicativo administrado pela holding controladora do Face). 

Se  o Whatsapp” não armazena as mensagens dos usuários, apenas as mantém até que sejam entregues. Elas existem apenas nos dispositivos dos usuários que as receberam.

Sendo esta explicação técnica verdadeira, a prisão foi injusta e ilegal.

Dzodan estava indo para o trabalho no Itaim Bibi, Zona Sul da capital paulista, quando foi preso. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e depois prestou depoimento na Polícia Federal (PF). Segundo a assessoria de imprensa da polícia, Dzodan respondeu a perguntas encaminhadas pela Justiça de Sergipe antes de ser levado para o CDP Pinheiros.

Em nota divulgada após a prisão, a assessoria de imprensa do Facebook no Brasil disse que a medida era “extrema” e “desproporcional”. “Estamos desapontados com a medida extrema e desproporcional de ter um executivo do Facebook escoltado até a delegacia devido a um caso envolvendo o WhatsApp, que opera separadamente do Facebook”, afirmou.
O WhatsApp também se manifestou por meio de nota, reafirmou que opera de forma indenpendente ao Facebook e que a prisão do executivo “não se justifica”. Disse ainda que não armazena os dados dos usuários e que não pode “fornecer informações que não temos”.

A PRISÃO PREJUDICA AINDA MAIS,  A IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. Executivos estrangeiros vão pensar duas vezes na hora de viajar por terras bolivarianas…..

SE A PRISÃO FOI INJUSTA,CABE A VÍTIMA PEDIR INDENIZAÇÃO.

SE A PRISÃO FOI LEGAL, POR QUE ELE FOI SOLTO SE A SOLICITAÇÃO NÃO FOI ATENDIDA? O HC PODERIA SER NEGADO……..

Além disso, a liberação da conversa, abre um precedente perigoso.  Os cidadãos que usam o aplicativo em paises comunistas, podem ser perseguidos e bisbilhotados pelo governo. Mesmo não sendo criminosos.

Será que a conversa seria tão importante para identificar os criminosos? Por que a polícia através do número dos supostos traficantes, não localiza e prende os suspeitos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *