Leia o texto da advogada falando sobre o afastamento do caso

CjlVmX5WsAAA_Rl

TEXTO ESCRITO NO FACEBOOK:

“Não pensem que estou ressentida por ter sido afastada do caso de estupro coletivo. Para ser muito franca, estou satisfeita por ter podido contribuir e prestado auxílio à vítima e aliviada pelo Estado haver assumido suas responsabilidades, o que deveria ter sido feito desde o primeiro dia.
Jamais imaginei que o caso teria tamanha repercussão e se o soubesse, talvez não tivesse aceitado o encargo, devido à sua complexidade. A família está sob proteção e a vítima será tratada da maneira condizente com sua qualidade, agora aos diligentes cuidados da Delegada Titular da DCAV.
Quero agradecer de público a todos que manifestaram apoio e solidariedade, tanto à mim quanto à vítima e, em especial, quero agradecer ao Promotor Público Dr. Bruno Lavaroto, que cobriu o plantão noturno no Tribunal de Justiça ontem e nos recebeu prontamente, demonstrando-se totalmente solidário na defesa dos interesses da menor. Agradeço ainda ao Procurador de Justiça, Dr. Márcio Mothé, Coordenador de Direitos Humanos do MPERJ, por sua inestimável contribuição ao caso.”

ADVOGADA, ELOISA SAMY

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *