Advogado de Dilma diz que novo pedido de impeachment fere deteminação do STF

Os advogados  da presidente da República Dilma Rousseff emitiu na tarde desta quarta-feira, 21, uma nota criticando o novo pedido de impeachment protocolado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr. na Câmara.

Flávio Caetano,  coordenador jurídico da chapa eleitoral de Dilma/Temer, considera que a tramitação do novo pedido de impeachment deve esperar o julgamento de recursos no STF sobre liminares que suspenderam o trâmite dos processos de impedimento da presidente.

Integrantes da oposição do PSDB, PPS, Solidariedade e DEM e a filha do jurista Hélio Bicudo Maria Lucia Bicudo entregam ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). novo pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff na sala da presidencia da Câmara dos Deputados. , em Brasilia. 
Integrantes da oposição do PSDB, PPS, Solidariedade e DEM e a filha do jurista Hélio Bicudo Maria Lucia Bicudo entregam ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). novo pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff na sala da presidencia da Câmara dos Deputados. , em Brasilia.

Segundo o coordenador, a petição ofende as decisões recentes do STF. “O novo pedido de impeachment representa uma manobra processual para descumprir as decisões do STF”,  afirma Flávio. Para ele, o documento protocolado pela oposição é um aditamento do pedido anterior. “Em clara manobra para burlar as decisões do STF, os autores desistiram do pedido anterior e formularam um novo pedido, que nada mais é do que um aditamento impróprio”, interpreta.

Comentários

 

Aviso:
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou
violem direitos de terceiros.
O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *