ATAQUES DE DILMA PIORAM SUAS RELAÇÕES COM MINISTROS DO STF

ALÉM DA FANTASIA DO ‘GOLPE’, DILMA INSINUOU ‘TER’ 5 MINISTROS DO STF
O discurso de Dilma após ser intimada a deixar o Planalto pode ter sido útil para inflamar a militância, mas piorou sua relações com Legislativo e principalmente com o Judiciário. Ministros do Supremo Tribunal Federal mal disfarçam a irritação com os ataques de Dilma, atribuindo o impeachment a uma “farsa jurídica” ou ao “golpe” no qual nem ela mesma acredita, ou teria alegado isso no próprio STF. E não o fez. A informção é do colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder.Às vésperas de um julgamento por crime de responsabilidade no Senado, não parece boa política insultar os próprios julgadores.

Condenada no Senado, Dilma poderá ainda ser processada e julgada no STF, como aconteceu com Fernando Collor.

Após o discurso de Dilma, o ex-ministro Jaques Wagner repetiu o insulto de fantasiosa “farsa jurídica” às instituições e sobretudo ao STF.

A situação da presidente junto ao STF deteriorou ainda mais neste domingo, com a divulgação de entrevista do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, à Folha de S. Paulo, em que ele revelou o teor de uma conversa que manteve com Dilma, antes do rompimento, quando ela insinuou que controlava “cinco ministros” da Corte e que eles poderiam ajudá-lo. ( Claudio Humberto)

One thought on “ATAQUES DE DILMA PIORAM SUAS RELAÇÕES COM MINISTROS DO STF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *