CARDOSO VAI RECORRER AO STF CONTRA DECISÃO DE RENAN

NOVELA AINDA NÃO ACABOU:
A presidente Dilma Rousseff autorizou o ministro da Advocacia Geral da União, José Eduardo Cardozo, a recorrer ao Supremo Tribunal Federal da decisão do presidente do Senado, Renan Calheiros, de ignorar ato de Waldir Maranhão

Deixar uma resposta