Carnaval – O que os idiotas estão comemorando nas ruas?

Geraldo Almendra

Na situação atual do país o Carnaval passou a ser uma festa que reúne a maior quantidade de idiotas, imbecis, analfabetos funcionais, canalhas, covardes, omissos e corruptos (e muitas vagabundas famosas ou não) por metro quadro no mundo.

Enquanto centenas de artistas sustentados pelo dinheiro do contribuinte fazem a festa do povão, mais de 500 pessoas são assassinadas por dia no país com os costumes de quem continua sobrevivendo à guerra civil camuflada sendo conduzidos na direção da prostituição física, moral e ética.

De que forma o Estado Bandido poderá ser destituído diante dessa anomia social que transforma o país em uma festa prostituta como essência, sendo esse o caminho escolhido como forma de fugir da lembrança da opressão da corrupção – mesmo que seja durante uma semana – de uma ditadura cleptocrata fantasiada de falsa democracia?

Na hora de sair nas ruas para pedir a destituição do Estado Bandido poucos aparecem (diante dos mais de 100 milhões que votam) e acabam presenciando os bares lotados de gente esperando que o mundo melhore sem a participação deles e que se fodam os que ficam ao sol segurando a bandeira do nosso país gritando fora Lula, fora Dilma e fora classe política canalha.

Infelizmente esses mesmos feitos de idiotas e imbecis que saem às ruas continuam insistindo em trocar bandidos por bandidos ao pedir impeachment, influenciados por uma classe de jornalistas e intelectuais covardes, levianos, hipócritas e manipuladores de uma sociedade feita ignorante pela Fraude da Abertura Democrática.

O que os foliões estão comemorando em todo o país?

Provavelmente nossa entrada em uma gravíssima crise econômica e social depois da Fraude da Abertura Democrática ter atrasado nosso país em mais de 30 anos diante de uma mundo dominado por grandes nações que inovam e se reciclam de forma acelerada, e que estão em termos de tecnologia e desenvolvimento – mesmo com seus problemas políticos – se distanciando a passos largos do nosso país, aquele mesmo país do futuro que foi transformado no país do atraso decadente pela Fraude da Abertura Democrática, cujo maior feito foi transformar em ricos, milionários ou bilionários centenas de canalhas esclarecidos traidores que sedimentaram nas relações públicas e privadas a prática fundamentalista do ilícito que já passa de pai para filho como cultura predominante.

Um dos piores Ensino Básico e Universitário do mundo, com suas instalações transformadas em campos de treinamento de comunistas.

Um país com seus sistemas de segurança, saúde e saneamento falidos.

Um Estado falido, gigantesco e incompetente que paga suas contas com a maior extorsão fiscal do mundo.

Uma mídia subalterna e comprada pelas verbas de propagando do Estado Bandido.

Uma ditadura cleptocrata com um Parlamento cúmplice, refém ou lacaio do corporativismo público e privado que se mantém no poder com a prática sistemática da corrupção liderada pela máfia comandada pelo Poder Executivo.

Basicamente é isso que esses milhões de foliões desqualificados de qualquer sentimento de patriotismo e vergonha na cara estão comemorando.

2 thoughts on “Carnaval – O que os idiotas estão comemorando nas ruas?

  1. Carnaval é festa para idiotas anti-higiênicos, que ficam se esfregando uns nos outros num calor infernal, compartilhando suor e bactérias….é bem a cara do mundo mesmo, mostra o nível raso do ser humano…

  2. Concordo. Contudo, creio que o termo mais apropriado para a farsa democrática vigente no país eh plutocracia. Aliás, Huxley dizia que a ditadura terá a aparência de uma democracia perfeita ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *