Decisão de Levandoski pode agitar as ruas

“o governo quer que Teori tome uma decisão contra uma liminar de um colega de tribunal sem que esta tenha sido examinada pelo plenário.
Ou por outra: Cardozo quer que Teori se comporte como um petista chicaneiro”

( Reinaldo Azavedo)

2530

A GRANDE MAIORIA DO POVO BRASILEIRO NÃO DESEJA O ABSURDO DE TER LULA COMO MINISTRO.

A defesa de Lula tentou outra ação, diretamente com Teori Zavascki, solicitou ao presidente do STF, Lewandowski , a anulação da decisão de Gilmar Mendes QUE  RECUSOU CASSAR A LIMINAR QUE PROIBE LULA ASSUMIR O MINISTÉRIO.

JAMAIS NA HISTÓRIA,um ministro anulou liminar e monocraticamente a decisão de outro ministro.

Se Lewandowski conceder o pedido de Habeas Corpus, estará configurada uma violência entre Ministros da Suprema Corte que não se viu nem na ditadura do Estado Novo e muito menos durante o regime militar. A situação é dramática: esta semana o STF não tem sessão plenária e Lewandowski, na condição de Presidente, é o plantonista da Corte.

É pública e notória a forma como Lewandowski chegou ao Supremo. Sua mãe é uma grande amiga de Marisa Letícia Lula da Silva e o próprio ministro é íntimo da família. Concedido o Habeas, é difícil imaginar o caos que viria a seguir. Gilmar certamente não assistiria calado a uma violência institucional deste porte. E a reação da população brasileira, já suficientemente irritada, é difícil de ser mensurada.  LEIA AQUI, A MATÉRIA COMPLETA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *