EM FORTALEZA, ATAQUES PASSAM DE 30 E ATINGEM ÔNIBUS E DELEGACIAS

O clima é de terror na região metropolitana da Grande Fortaleza, onde já ocorreram mais de 30 atentados em menos de 24 horas. Desde a última quarta-feira (19), criminosos fizeram ataques a coletivos e veículos de operadoras de serviços essenciais, como energia elétrica, fiscalização de trânsito e fornecimento de água. Nesta quinta-feira (20), mais cinco ônibus foram incendiados.
Um cobrador com deficiência física não conseguiu sair a tempo de um dos ônibus incendiados e sofreu queimaduras de 3º grau, no Jardim Fluminense. A vítima identificada como José Nunes, 56 anos, foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Canindezinho.
E a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) atribui os ataques a uma retaliação contra a transferências de detentos dos presídios cearenses.
BANDIDOS CONTINUAM DENTRO DAS CADEIAS COMANDANDO O TERRO NAS CIDADES BRASILEIRAS, USANDO TELEFONE CELULAR PARA DÁ SUAS ORDENS. POR QUE NÃO EXISTE BLOQUEIO DE CELULARES NOS PRESÍDIOS DO BRASIL?

Deixar uma resposta