Fitch rebaixa a nota do Brasil

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou o rating de longo prazo do Brasil em moeda estrangeira e local de BBB para BBB-. A. O grau de investimento, ainda não foi retirado.

“O ambiente político difícil está dificultando o progresso na agenda legislativa do governo”, afirma a Fitch, apontando que esse problema reverbera negativamente para a economia em geral. A perspectiva negativa, segundo a agência, reflete a visão de que a performance abaixo do desejado deve persistir, enquanto a incerteza política continua a pesar na confiança, nos investimentos e no crescimento, aumentando os riscos para a consolidação fiscal de médio prazo..”

A Fitch diz “Consequentemente, em julho o governo reduziu suas metas de superávit primário substancialmente para 2015 e adiante”, diz a agência. “Em outro revés para a credibilidade fiscal, o governo entregou o Orçamento de 2016 com uma meta fiscal ainda mais fraca.”

A fitch considera que  permanece a   “incerteza considerável” sobre sua implementação, “especialmente no contexto do atual impasse político”.

“Conter os gastos discricionários ganha importância”,  “Essas medidas, porém, exigem um consenso e apoio político mais amplos, o que pode ser difícil de obter”, destaca a Fitch.

Deixar uma resposta