Juiza decreta segredo na ação que pede prisão de Lula

A juíza Maria Priscilla Ernandes, da 4.ª Vara Criminal da Capital, decretou segredo de Justiça do processo em que o ex-presidente Lula é acusado por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no caso tríplex – apartamento no Guarujá que, segundo a Promotoria criminal de São Paulo, pertence ao petista.

“Trata-se de processo de elevada repercussão social, em que há acusações contra ex-Presidente da República e requerimento de medidas cautelares sérias”, alegou a magistrada.

 

A juíza avisa que sua decisão sobre recebimento ou não da denúncia e sobre o pedido de prisão do ex-presidente pode demorar “Neste momento saliento que o processo apresentado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo possui 36 volumes, ainda não findo o processo de digitalização, e já existem habilitações de procuradores de alguns denunciados, e para a análise da viabilidade da acusação, bem como dos pedidos cautelares formulados, necessária a detida apreciação de todo o material apresentado, o que demandará algum tempo. (AE)

QUAL SERIA O SEGREDO? A DECISÃO DELA SE ACEITA A DENÚNCIA OU SE PRENDE?

AS INFORMAÇÕES SOBRE A AÇÃO, JÁ FORAM DIVULGADAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *