LOBISTA QUE DEU DINHEIRO A FILHO DE LULA TAMBÉM FOI PRESO

Na nova fase da Operação Zelotes, deflagrada nesta segunda-feira (26), a Polícia Federal prendeu o lobista Mauro Marcondes Machado, dono da Marcondes & Mautoni Empreendimentos, exatamente a empresa que pagou R$ 2,4 milhões a Luiz Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, num esquema de compra de medida provisória beneficiando a indústria automobilística.

Mauro Marcondes Machado é também vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Nessa condição de vice-presidente (na verdade, lobista) da Anfavea, ele é acusado de negociar interesses de montadoras com conselheiros do Carf.

O lobista Alexandre Paes dos Santos, conhecido pelas iniciais “APS”, também foi preso pela Polícia Federal, na manhã desta segunda-feira, assim como José Ricardo Silva, conselheiro do Carf.

Cerca de cem policiais federais cumprem seis mandados de prisão preventiva, uma delas do lobista, 18 de busca e apreensão e nove de condução coercitiva (quando a pessoa presta esclarecimento na delegacia e depois é liberada). Os mandados são cumpridos nos estados de São Paulo, Piauí, Maranhão e no Distrito Federal.

A nova etapa da Operação Zelotes investiga um consórcio de empresas que, além de manipular julgamentos dentro do Carf, negociava incentivos fiscais a favor de empresas do setor de automóveis. ( Diário do Poder – Claudio Humberto)

Deixar uma resposta