Ministro da Justiça tem mania de defender corruptos

1452132127271

O ministro da justiça petralha ( advogado do PT e dos corruptos? ) disse que não vê irregularidade nas  mensagens do  encontradas no celular do ex-presidente da construtora OAS, José Aldemário Pinheiro – o Leo Pinheiro -Pinheiro para o ministro Jaques Wagner.

As interceptações são de mensagens de texto trocadas entre agosto de 2012 e outubro de 2014. Nelas, há negociação CLARAS  de apoio financeiro ao candidato petista à prefeitura de Salvador em 2012, Nelson Pellegrino e também pedidos de intermediação de Wagner com o governo federal a favor dos empresários (investigados na Lava Jato)

“Pelo que li, as mensagens em si não qualificam situação ilícita. Estou falando como leitor de jornal e apreciador de Direito. Como ministro, não posso dizer se aquilo é real ou não”.

“Da maneira com que isso vem a público é muito ruim, porque a lei é desrespeitada, pessoas são atingidas sem que possam se defender”, disse.

(José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça)

Segundo o jornal O Globo, a Polícia Federal tem para analisar mais de 80 mil mensagens interceptadas em dois celulares do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, condenado na Operação Lava Jato a 16 anos e quatro meses de prisão.

As mensagens foram divididas em nove assuntos que teriam sido tratados entre o empreiteiro e o ex-presidente Lula, como negócios na Costa Rica ou uma suposta ajuda a Rosemary Noronha, ex-secretária da Presidência da República em São Paulo.

O TAL “SEGREDO DE JUSTIÇA” É FEITO EM CASOS EXCEPCIONAIS PARA NÃO PREJUDICAR AS INVESTIGAÇÕES. MAS NO BRASIL ELE É USADO PARA ENGANAR A POPULAÇÃO E PROTEGER BANDIDOS DA OPINIÃO PÚBLICA.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou que a Polícia Federal investigue a divulgação de mensagens do executivo da construtora OAS José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Leo Pinheiro, publicadas nesta quinta-feira pelo jornal O Estado de S. Paulo e que, de acordo com a publicação, indicariam suposta intermediação a favor de petistas.

QUANDO OCORREU VAZAMENTOS DE INFORMAÇÕES ENVOLVENDO TUCANOS OU O PRESIDENTE DA CÂMARA

RA, EDUARDO CUNHA. O MINISTRO DA JUSTIÇA PETRALHA, NÃO TOMOU NENHUMA PROVIDÊNCIA. MAS SE AS INFORMAÇÕES ATINGE PETISTAS, ELE MANDA APURAR……

 

Deixar uma resposta