Ministro da Justiça volta a tomar posse ao cargo, mas continua procurador da Bahia

O promotor Wellington César Lima e Silva pediu exoneração do seu cargo comissionado, mas continua sendo procurador do Ministério Público da Bahia.
ELE NÃO PODE SER MINISTRO.SERÁ QUE O STF VAI ATROPELAR A CONSTITUIÇÃO?ESPERO QUE NÃO.

Decisão do presidente do TRF 1, desembargador federal Cândido Ribeiro, acolheu argumentos da Advocacia Geral da União (AGU) e derrubou decisão liminar proferida pela juíza Solange Vasconcelos, da primeira instância do Distrito Federal, que havia cancelado a nomeação de Wellington César Lima e Silva.

Ilegalmente, ele voltou ao cargo.  Cabe ao STF tomar providências.

Deixar uma resposta