Nova denuncia contra Cunha

Os delatores Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior, da Carioca Engenharia, disseram a Procuradoria Geral da República, que  Eduardo Cunha, cobrou propina de R$ 52 milhões para liberar dinheiro do FI-FGTS. o montante foi divido em 36 prestações depositadas em contas na Suíça e em Israel.

A denúncia foi publicada no site da  revista Época

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *