O criminoso aumento de 200% no valor do Fundo Partidário

dilma
DILMA  LEGISLA EM DETRIMENTO AO PAÍS E EM BENEFÍCIO DO PT. ( EMBORA O  ATO TENHA SIDO LEGAL, DIANTE DA SITUAÇÃO ECONÔMICA DO PAÍS É UM “CRIME” MORAL).
 
PT sempre defendeu o financiamento público de campanha. O projeto foi derrotado. Sabe o que Dilma fez? MAIS UM CRIME CONTRA O BRASIL: NO ANO PASSADO ELA SANCIONOU UMA LEI AUMENTANDO EM 200% O VALOR DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO PARTIDÁRIO.
 
EM 2014, FORAM DESTINADOS, R$ 289,5 MILHÕES PARA O FUNDO PARTIDÁRIO.
 
E EM 2015, MESMO COM O AGRAVAMENTO DA CRISE FINANCEIRA, FORAM DESTINADOS R$ 875 MILHÕES PARA DIVISÃO ENTRE OS PARTIDOS.
 
NO ANO DE 2014, O VALOR RECEBIDO PELO PT FOI DE R$ 50,3 MILHÕES.
E EM 2015, DILMA AO SANCIONAR O PROJETO COM O AUMENTO,O PT RECEBEU,R$ 117 MILHÕES.
 
DINHEIRO SUFICIENTE PARA O PARTIDO DURANTE OS PRÓXIMOS 04 ANOS. O VALOR SE APROXIMA DO QUE O PARTIDO DEIXOU DE ARRECADAR COM AS EMPRESAS DA LAVA JATO.
 
A PRESIDENTE DILMA REDUZIU OS GASTOS EM SEGURANÇA PÚBLICA EM 6%.
E OS GASTOS COM EDUCAÇÃO, CRESCERAM APENAS 8%.
PARA OS PARTIDOS ELE AUMENTOU MAIS DE  200%.
 
“O Fundo vai para a cúpula. É óbvio que que os presidentes ( RUI FALCÃO) dos partidos vai beneficiar os amigos”, (LULA), afirmou o deputado André Moura.
 
OBS: Pelas regras,5% do valor destinado ao Fundo partidário é destinado em partes iguais para todos os partidos e 95% são distribuídos de forma proporcional de acordo com o número de votos que o partido recebeu na última eleição geral para a Câmara dos deputados.
Na época o ex- ministro Joaquim Barbosa disse:
“O Congresso aprovar verba de quase R$ 900 milhões anuais para os partidos é um escárnio”
 
ESTE É UM EXEMPLO CLARO QUE ESSA MULHER VIVE SOB CHANTAGEM, AGRADANDO A BANDIDOS, APENAS PARA SE ,MANTER NO CARGO E AJUDAR O PARTIDO CRIMINOSO.
 
DÁ PARA IMAGINAR O VALOR  QUE ELA E LULA PODEM DISPONIBILIZAR PARA COMPRAR OS VOTOS DOS INDECISOS E TENTAR  IMPEDIR O IMPEACHMENT?
JORGE RORIZ
 
Fonte da pesquisa notícia: ISTO E, 29 de abril 2015. ANO 38.nº 2369

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *