O MIMI DOS DERROTADOS

Só neste primeiro semestre, Dona Dilma gastou R$ 520 mil dos cofres públicos para falar mal do Brasil no exterior. Temer, corte essa mamata! (Roberto Jefferson)

OS LÍDERES DOS GOVERNO, TROCORAM DEPUTADOS PARA VOTAR O PARECER DO RELATOR DA DENÚNCIA CONTRA O PRESIDENTE MICHEL TEMER. OUTRA QUEIXA SE REFERE AO VOLUME DE VERBAS LIBERADAS PARA OS DEPUTADOS

A oposição tentou barrar a manobra, entrando com ação no Supremo Tribunal Federal, mas a ministra Cármen Lúcia entendeu que o tema só diz respeito ao Congresso.

Temer respondeu às críticas e disse, por meio de sua assessoria, que “esse procedimento é atribuição exclusiva dos líderes partidários e que só eles podem responder pelas trocas feitas segundo o regimento da Câmara”.

“As emendas hoje são impositivas. O governo tem o dever de liberá-las — defendeu-se o chefe da Casa Civil, ministro Eliseu Padilha.

O QUE A OPOSIÇÃO NÃO DIZ É QUE EXISTIU TROCA TAMBÉM NO LADO DA OPOSIÇÃO E TEVE DEPUTADO QUE FOI TROCADO PELO GOVERNO QUE VOTOU CONTRA TEMER.

O PSOL apresentará nos próximos dias uma representação ao Ministério Público por corrupção ativa, desvio de finalidade e obstrução à Justiça. O partido mapeia o volume de liberação de emendas recebidas pelos deputados que votaram a favor do governo para traçar uma relação direta entre o favorecimento e o voto.

SE A SUPREMA CORTE NÃO PODE INTERFERIR, O QUE MP PODE FAZER? OBSTRUÇÃO DA JUSTIÇA? A CÂMARA NÃO FAZ PARTE DO PODER JUDICIÁRIO. O RELATÓRIO NA CCJ É POLÍTICO, CONFORME AFIRMOU O PRÓPRIO RELATOR QUE ELABOROU UM RELATÓRIO FAVORÁVEL A ACEITAÇÃO DA DENÚNCIA E FOI RECUSADO PELA MAIORIA DOS SENADORES.

“Não é normal o deputado receber verba para votar a favor do governo. É o fisiologismo no poder — acusa Chico Alencar (PSOL-RJ)”

SÓ É NORMAL QUANDO DILMA E LULA FAZIAM? BASTA PESQUISAR A HISTÓRIA. ANTERIORMENTE O PSOL NUNCA RECLAMOU DO PROCEDIMENTO.

A LIBERAÇÃO DE VERBAS VAI BENEFICIAR OS ESTADOS, MUNICÍPIOS E O POVO BRASILEIRO. NÃO SE TRATA DE COMPRA DE VOTO, COMO LULA FEZ EM QUARTO DE HOTEL, EM BRASÍLIA, NAS VÉSPERAS DA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT. A LIBERAÇÃO ESTÁ DENTRO DO ORÇAMENTO E É UMA AÇÃO LEGAL.

 

Deixar uma resposta