Para não perder apoio, Dilma vai reduzir a meta, Levy vai continuar?

LEVI DISSE QUE SE A META FOSSE REDUZIDA ELE ESTARIA FORA. DILMA PRETENDE REDUZIR  DE 0,7 PARA O,5. LEVY VAI CUMPRIR O QUE PROMETEU?

A  presidente Dilma Rousseff admite reduzir a meta fiscal de 2016 para 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) para preservar o Bolsa Família do corte no Orçamento do próximo ano. O governo discute com parlamentares da base “sacrificar” o superávit primário de 0,7% no ano que vem. Dilma quer   impedir o corte de R$ 10 bilhões no programa,  sugerido pelo relator-geral do Orçamento, deputado Ricardo Barros (PP-PR).

Um corte  poderia  retirar de Dilma  o  apoio popular que ela possui( 7%) e isso impulsionaria o apoio do povo para que o impeachment seja aprovado.

Um dos principais defensores de se reduzi-la para garantir o Bolsa Família, o líder do governo na Comissão Mista de Orçamento (CMO), deputado Paulo Pimenta (PT-RS), deve apresentar nesta terça-feira, 15, uma emenda que diminua a meta para próximo a 0,5% do PIB.

Pimenta aconselhou Dilma abandonar  a meta atual de economia para pagar os juros da dívida, passando de R$ 43,8 bilhões do setor público  para uma média de  R$ 30 bilhões.

LEVY VAI CONTINUAR NO GOVERNO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *