PF acha rombo de R$ 5 bi em fundo dos Correios

A Polícia Federal entregou um relatório  à Justiça Federal do Rio de Janeiro apontando  um rombo de 5 bilhões de reais no  3º maior Fundo de pensão do país, o Postalis, ( dos Correios). A informação é do jornal A Folha.

A investigação responsabiliza 28 pessoas, entre funcionários e ex-funcionários de alto escalão do Postalis, além de executivos do mercado financeiro.

As suspeitas recaem sobre Antônio Carlos Conquista, o atual gestor ( indicado pelo PT) e  o ex- gestor, Alexej Predtechensky  conhecido como Russo,  ligado ao PMDB.

Deixar uma resposta