Polícia Federal deflagra operação contra desvio de verbas na Bahia

A Receita Federal, Polícia Federal, Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal realizam nesta quinta-feira (5/11), em Salvador/BA, Juazeiro/BA, Jacobina/BA, Valença/BA e Petrolina/PE, a Operação Infecto, com o objetivo de combater organização criminosa suspeita de praticar desvio de recursos públicos, sonegação de tributos e lavagem de dinheiro, utilizando-se de entidades supostamente sem fins lucrativos, qualificadas como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).

As prefeituras firmavam termos de parceria com as OSCIPs investigadas, constituídas fraudulentamente em nome de laranjas, com a dispensa irregular de licitação ou mediante processo seletivo simulado. Em troca de repasse de verbas públicas, as OSCIPs responsabilizavam-se pela prestação de um determinado serviço ou apenas pela contratação indireta de mão de obra, atividades estranhas à natureza dessas entidades.

Deixar uma resposta