Protestos na Venezuela 19/04 – Polícia do ditador Maduro mata dois jovens

Venezuela – Polícia do ditador Maduro mata dois jovens da oposição. O  jovem Carlos José Moreno de 18 anos, faleceu após ser alvejado com um tiro  acionado por grupos  chavistas paramilitares de Maduro.

Em Caracas, Carlos José Moreno foi baleado na cabeça e morreu após ser submetida a uma cirurgia para extrair a bala. A informação foi confirmada pelo diretor do Hospital das Clínicas de Caracas, Miguel Salomón, à agência Associated Press.

Hoje é um dia de triunfo” diz Maduro, após a repressão à marcha opositora.

Além de Carlos José, a estudante  Ramirez Gomez, 24 anos,  também foi alvejada à tiros em Andean, no estado de Tachira. Ela também faleceu.

A oposição está exigindo um cronograma para as eleições estaduais adiadas, o fim da repressão aos protestos e respeito pela autonomia da legislatura dominada pelos opositores.
Manifestantes fazem nesta quarta, em Caracas e outras cidades, o sexto protesto deste mês de abril contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

Outra morte foi confirmada. ( nome não informado)

Desde o inicio desse mes o  número de mortes chega a  sete mortos. O ditador e  assassino  Maduro precisa ser derrubado.

LULA, DILMA E O PT FINANCIARAM A DITADURA DE MADURO USANDO O DINHEIRO DOS BRASILEIROS.

A Venezuela viveu hoje um de seus dias mais sangrentos: as forças de repressão da ditadura narco-socialista disparam tiros contra manifestantes desarmados em várias cidades do país.

Balanço do dia 19/04: Até o momento, tem-se a notícia de dois mortos, além de 300  feridos e 538 presos.

 

PIADA DE COMUNISTA É SEMELHANTE AS CONVERSAS DE LULA. CINISMO AO EXTREMO.
MADURO QUER DISPUTAR MAIS UMA ELEIÇÃO NA VENEZUELA.

Durante um comício no centro de Caracas, o presidente Maduro assegurou que deseja disputar eleições em breve para vencer o que chamou de “batalha” contra seu governo”.

“Temos que buscar (…) fórmulas para ganhar definitivamente essa batalha em paz, eu quero ganhar essa batalha já. Eu quero que nos preparemos para ter uma batalha eleitoral pronta e total”, disse o DITADOR MADURO.

 

Deixar uma resposta