Relator contraria TCU e quer aprovar contas de Dilma

SE

Contrariando a recomendação do TCU (Tribunal de Contas da União), o relator das chamadas pedaladas fiscais na Comissão Mista de Orçamento do Congresso, senador Acir Gurgacz (PDT-RO), apresentou seu parecer nesta terça-feira (22) pedindo a aprovação com ressalvas das contas de 2014 da presidente Dilma Rousseff.

Em outubro, o TCU recomendou, por unanimidade, que as contas fossem reprovadas por considerar que a presidente descumpriu no ano passado a Constituição e as leis que regem os gastos públicos. Como consequência disso, a União tem que pagar cerca de R$ 57 bilhões.

O Congresso é quem dá a palavra final sobre a aprovação das contas de um presidente. Dessa forma, os deputados e senadores decidirão se mantêm a decisão de Gurgacz ou se retomam o entendimento do TCU.

O TCU DECIDIU POR UNANIMIDADE REJEITAR O ROMBO.

DILMA RECORREU

NOVAMENTE ELA PERDEU.

E O RELATOR QUER A APROVAÇÃO? KKKK QUE RELATOR É ESSE? ELE DEFENDE DILMA OU DEFENDE A LEI?

 

“Sugerir aprovação das contas de Dilma é abrir a porteira da esculhambação fiscal”, diz Mendonça Filho

“Inadmissível que, para salvar Dilma, o TCU seja desmoralizado e a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), enterrada. Vamos mobilizar contra o relatório do senador Acir Gurgacz”, convocou o deputado do DEM.

“Gurgacz foi indicado por Renan Calheiros e é réu por supostos estelionato e crime financeiro em ação penal que tramita no STF. O Ministério Público o acusa de ter cometido fraude para obter, em 2002, financiamento de R$ 1,5 milhão junto ao Banco da Amazônia (Basa) e de ter usado o dinheiro para compra de combustível, finalidade diferente da prevista em contrato. Na ocasião, Gurgacz era diretor de uma empresa de ônibus no Amazonas e em Rondônia. “( Felipe Moura)

Deixar uma resposta