Sérgio Moro diz que Lava Jato é voz pregando no deserto

sergio-moro-senado-AFP-EVARISTO-SA-1024x682

“O processo tem ido bem, mas não posso assegurar o dia de amanhã. Do ponto de vista de iniciativas mais gerais contra a corrupção, existe um deserto. Parece que a operação Lava-Jato, nessa perspectiva, é uma voz pregando no deserto. Não vai ser a Lava-Jato que vai resolver os problemas da corrupção no Brasil, não vou ser eu, não foi a Ação Penal 470 (conhecida como ação do mensalão); é o que nós, como cidadãos, vamos fazer a partir de agora. E para isso precisamos ter uma melhora nas nossas instituições e eu, sinceramente, não vejo isso acontecendo de maneira nenhuma”.

Em parceria com a Associação de Juízes Federais (Ajufe), Sérgio Moro tem defendido uma série de reformas legislativas para diminuir a impunidade e melhorar procedimentos de combate à corrupção no País.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *