SOS SOS – Mariana – Uma tragédia maior está sendo anunciada

A GRANDE TRAGÉDIA ECOLÓGICA OCORRIDA, ALÉM DE CENTENAS DE MORTE ESCONDIDAS (OS NÚMEROS OFICIAIS SÃO BEM MENORES) ESTA TENDO POUCA COBERTURA DA IMPRENSA TRADICIONAL. TRÊS RIOS JÁ FORAM MORTOS. E UMA BARRAGEM MUITO MAIOR ESTÁ COM PERIGO DE ROMPER. O QUE O DESGOVERNO DILMA ESTÁ FAZENDO PARA RESOLVER, AMENIZAR OU IMPEDIR UMA DESGRAÇA MAIOR?

A DILMANDIOCA COMUNISTA E TERRORISTA, APENAS SOBREVOOU O LOCAL……

Recebi esta mensagem abaixo de um morador do local e reproduzo na íntegra. ( ele não se identificou)

“A terceira barragem de Mariana teve barreira de sustentação trincada. O volume de lama lá é infinitamente maior do que o que desceu até agora. se romper, Minas Gerais entrará em um estado de calamidade. Oremos muito! Buscas foram suspensas agora em Mariana, pessoal sendo retirado de lá sob risco de novo acidente. São 3 barragens em uma! São Germano é a maior e está trincando tb! Não estão divulgando adequadamente por motivos diversos! Mas a dimensão desse acidente é pior q o tsunami do Japão. Eh uma massa de terra poluída com minério q está viajando a 60km destruindo tudo pela frente. E já viajou neste momento 500km.

Já matou três rios inclusive o Rio Doce! Vai acabar com, em torno, de 3000km do litoral do Espírito Santo! Imagina um carro andando a 60km/h, agora imagina que ele é uma montanha de lama de um tamanho descomunal que já viajou 500km em uma semana! Agora imagina uma coisa 5x maior! É a barreira de São Germano! Se estivesse virada pro outro lado, Ouro preto já tinha sumido do mapa e metade de BH também! No caminho dela estão vários distritos, lugarejos que vai ser riscados do mapa! Os jornais não estão falando nada! Estão dando a impressão de que foi um acidentinho qualquer! Se fosse em outro país a cobertura seria massiva, mas é em Minas né, e no Espírito Santo… Estados que parecem ser de segunda categoria! Valadares está sem água, os peixes já morreram, e agora serão as pessoas?? Já que somos invisíveis para os telejornais nacionais, utilizemos as redes sociais para que todos saibam que Minas pede socorro!”

 

 

 

Deixar uma resposta