Tragédia em Mariana- MG – Causa terríveis danos à natureza

Mariana (MG) - Área afetada pelo rompimento de barragem no distrito de Bento Rodrigues, zona rural de Mariana, em Minas Gerais (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Mariana (MG) – Área afetada pelo rompimento de barragem no distrito de Bento Rodrigues, zona rural de Mariana, em Minas Gerais (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O rompimento das barragens em Mariana -MG é uma das maiores tragédias ecológicas do mundo. Ainda existe risco de rompimentos.
Os peixes estão morrendo por resíduos tóxicos de mineração.O governo nada está fazendo. São necessárias medidas emergênciais URGENTES E AMEAÇA OUTRAS CIDADES E ESTADOS. Contaminou o rio, o mar e a água para consumo humano.
Jorge Roriz.

 

Texto: Ariadne Bognar
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O que aconteceu em Minas? Por que tem um monte de cidade cheia de lama?
Duas barragens da mineradora Samarco se romperam na cidade de Mariana (MG), na última quinta-feira (5). Nessas barragens havia lama, rejeitos sólidos e água. Esses detritos são resultado da mineração na região.

Qual é  o tamanho do estrago? Muito grande?
Pelo menos 128 residências foram atingidas pela onda de lama e dejetos. Oficialmente, o número de mortos é de seis pessoas e o de desaparecidos,  22 –11 funcionários da mineradora Samarco e 11 moradores dos distritos de Bento Rodrigues e Camargos. Os detritos das barragens tomou conta do rio Gualaxo e chegaram ao município de Barra Longa, a 60 km de Mariana e a 215 km de Belo Horizonte. Seis localidades de Mariana, além de Bento Rodrigues, foram atingidas. Segundo especialistas, a lama que desce pelo rio Doce atingirá, no total, uma área de cerca de 10 mil quilômetros quadrados no litoral capixaba – área equivalente a mais de seis vezes o tamanho da cidade de São Paulo. Os prejuízos são calculados em mais de R$ 100 milhões, segundo o prefeito de Mariana, Duarte Júnior.

De quem é a culpa disso? Terremoto? Chuvas? Negligência?
O Ministério Público de Minas Gerais abriu um inquérito, conduzido por cinco promotores, para apurar as causas e responsabilidades. A Samarco disse ter registrado dois pequenos tremores na área duas horas antes do rompimento, por volta das 16h20 de quinta-feira. Não se sabe o que teria causado estes tremores – se seriam abalos sísmicos ou a força do próprio rompimento. O Ibama vai multar a Samarco em R$ 100 milhões.

Essa lama pode contaminar as pessoas?
A mineradora garantiu que não há nada tóxico nos 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério de ferro liberados durante o acidente.

Que empresa é essa, Samarco? É do governo?
Não, é uma empresa privada.  A Vale (mineradora que era estatal e foi privatizada durante o governo FHC) é uma das acionistas da Samarco, com uma participação de 50% no capital por meio de uma joint venture com a BHP Billiton, a maior empresa de mineração do mundo.

Dá para ajudar o pessoal de lá? Como eu faço?
Sim. Diversas entidades e voluntários se mobilizam para receber donativos e acolher as vítimas, que passam de 500. De acordo com a prefeitura de Mariana, as prioridades são doações de materiais de uso pessoal como escovas de dente, toalhas de banho, copos, talheres e pratos descartáveis, além de água potável. Para doações fora do município, a prefeitura de Mariana disponibilizou uma conta bancária no Banco do Brasil através do CNPJ: 18.295.303/001-44, Agência: 2279-9, Conta Corrente: 10.000-5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *