Uma afronta ao Brasil na ONU

O Antagonista

Nos corredores do Congresso, esvaziado nesta véspera de feriado, senadores da oposição não se conformam com a possibilidade de Dilma usar a tribuna da ONU para falar em golpe.

“É muito triste ver alguém se despedir de forma tão deplorável e ultrajante”, comentou Cássio Cunha Lima.

“Será uma afronta ao Brasil. Ela vai desmoralizar e desgastar ainda mais a imagem do país insistindo na tentativa de plantar mentiras”, emendou Ronaldo Caiado.

Dilma não tem limites.

Deixar uma resposta