Vazamentos de informações contra Cunha é para enfraquecer o impeachment?

Roberto Jefferson, é um picareta, foi condenado pelo mensalão, mas prestou um grande serviço a nação: ele denunciou o mensalão.
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, se mentiu ao negar que possuia conta na Suíça, mentiu, faltou com o decoro parlamentar, mas prestou um grande serviço a nação: ele ajudou a destruir o mandato de Dilma, não aprovando as loucuras dela e fazendo grande oposição na Câmara. O MP comandado por Janot (petralha? ) está fazendo vazamentos seletivos contra Cunha. De repente, surge uma grande quantidade de informações contra Cunha. O objetivo é desmoralizar seus aliados e o Impeachment. Mas o Impeachment é um instrumento legal ( ocorrendo crime de responsabilidade), e é a vontade da maioria do povo. As falcatruas de Cunha, não enfraquece e não inviabiliza o Impeachement. Será que só Cunha possui contas na Suíça? Por que as investigações contra Lula, Lulinha, e outros petralhas, não são divulgadas? A Suiça já enviou informações sobre contas de outros envolvidos no petrolão? Por que não foram divulgadas?

O objetivo do vazamento seletivo contra Cunha é para que ele perca o apoio dos seus aliado e inviabilize o impeachment. Teoricamente, ele sem moral, não poderá condenar Dilma. Se Cunha errou terá que pagar, mas isso não impede a votação do impeachment.

“Pode pressionar, eu não renuncio. Sem a menor chance. Podem retirar apoio, fazer o que quiserem. Tenho amplo direito de defesa. Não podem me tira”, afirmou Cunha.

EDUARDO CUNHA, PRESIDENTE DA CÂMARA DOIS DEPUTADOS

Jorge Roriz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *