Diretor da PF pede para sair e Temer é acusado de tramar contra a PF e Lava Jato

Merval Pereira, “o governo já entendeu que a PF não é um lugar muito tranquilo para ele e por isso vai trocar o diretor-geral. Vamos ver, nas próximas semanas, uma mudança de comportamento, de estilo, de pontos de vista e talvez até conceitual nos dois principais órgãos de investigação da Lava Jato – a PGR e a PF”.

AS INVESTIGAÇÕES CONTRA TEMER FORAM CONCLUÍDAS E O RELATÓRIO FINAL ENTREGUE AO STF. A DECISÃO DEPENDE DO STF, CONGRESSO E JUSTIÇA E NÃO DA PF.

O ATUAL DIRETOR DA PF, LEANDRO DAIELLO, PEDIU PARA SAIR PELO MENOS POR TRÊS VEZES.

É NATURAL A TROCA DE CARGOS DE CONFIANÇA QUANDO SE MUDA O DIRETOR. O ATUAL, FOI NOMEADO NO GOVERNO DILMA. E PRETENDE SE APOSENTAR. NÃO EXISTE CARGO VITALÍCIO NA DIREÇÃO DA PF. A TROCA DO DIRETOR NÃO SIGNIFICA PROTEGER BANDIDOS OU ACABAR COM A LAVA JATO.

“Daiello assumiu a direção-geral em janeiro de 2011, no início do governo Dilma Rousseff, foi mantido no de Michel Temer e já está no sexto ministro da Justiça. Desde a Olimpíada do Rio, em agosto de 2016, ele já pediu para sair pelo menos três vezes,”
ELIANE CASTANHEDE. 04/07
http://politica.estadao.com.br/…/geral,saida-negociada,7000…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *