Maia atribui denúncias contra Temer o motivo do rebaixamento da nota brasileira

“O que pesou foram duas denúncias que atrasaram a votação da [reforma da] Previdência. De fato, o governo ficou fraco após as denúncias”, afirmou ao Broadcast antes de ressaltar o papel da Câmara dos Deputados, presidida por ele. “A Câmara votou dezenas de projetos que ajudaram o Brasil a sair da recessão”, complementou.

“Agora não é hora de encontrar culpados e sim construir o caminho para votar as reformas”, afirmou. O rebaixamento pela S&P era esperado nas últimas semanas, à medida que falharam as negociações no Congresso para aprovação da reforma da Previdência no final do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *