Gilmar Mendes solta mais um: desta vez foi o prefeito de Mauá

o ministro Gilmar Mendes concedeu HC ao prefeito de Mauá, Átila Cesar Monteiro Jacumussi. Ele estava na penitenciária Doutor José Augusto Sampaio, na cidade de Tremembé- SP
Acusado de Lavagem de Dinheiro.

O advogado Daniel Bialski afirmou: A decisão da Suprema Corte reconhece a abitrariedade e excesso da prisão preventiva, decretada sem motivação válida e baseada em sifismas inverídicas
Como foi exibido nos pedidos, o prefeito não praticou qualquer ilicitude e nunca esteve envolvimento com fatos ligados a operação da Polícia Federal

 

Foram encontrados em uma bolsa de posse do prefeito R$ 7.000,00 e na sua residência R$ 80.000,00. Ele é acusado de desvios de verbas da merenda escolar.