Renan Calheiros terá que depor na Polícia Federal

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), terá que prestar depoimento presencial na Lava Jato. O ministro acolheu um parecer da Procuradoria-Geral da República defendendo a rejeição do pedido de Renan para que prestasse as explicações por escrito.

A PF informou que precisa do depoimento de Renan para concluir o inquérito.

Renan é suspeito de ter sido  foi beneficiado no recebimento  de propina em acordo da Petrobras com a categoria dos práticos, os profissionais responsáveis por orientar os comandantes de navio a atracar nos portos.

O delegado pediu ao STF mais 30 dias para a o encerramento do caso.

O depoimento  ainda não tem data marcada .

Leave a Reply