9 de 10 mulheres no Brasil tomam cuidados extras de segurança no primeiro encontro, revela pesquisa do Bumble

 

Segundo pesquisa do Bumble, menos de 6% das mulheres sentem que poderiam pedir ajuda aos funcionários de um estabelecimento caso se sentissem inseguras durante um primeiro encontro

A discussão sobre a segurança da mulher está cada vez mais relevante, especialmente quando se fala sobre aplicativos de namoro. Segundo pesquisa divulgada pelo Bumble, aplicativo de namoro e rede social em que as mulheres dão o primeiro passo, quase 9 entre 10 mulheres entrevistadas no Brasil (87%) tomam algum tipo de precaução extra de segurança ao encontrar alguém pessoalmente pela primeira vez.

Ainda segundo análise, os cuidados especiais mais populares incluem informar a um amigo ou parente o endereço onde o encontro acontecerá (43%); compartilhar sua localização ao vivo com um amigo (25%); e até mesmo compartilhar uma foto de seu parceiro com um amigo ou familiar (11%). Em contraste, somente 5 de 10 homens pesquisados (53%) indicaram tomar precauções adicionais, com 47% dos entrevistados alegando não tomar nenhuma precaução extra ao encontrar alguém pessoalmente pela primeira vez.

A mesma pesquisa do Bumble indicou que 8 em cada 10 entrevistados (84%) se sentem mais à vontade em um primeiro encontro se se encontrarem em um ambiente público cercado de pessoas, com a maioria deles (40%) escolhendo um restaurante ou bar como a melhor opção para essas ocasiões.o tópico sobre consumo de álcool e seus efeitos durante os primeiros encontros, quase 6 das 10 mulheres (58%) pesquisadas indicaram que preferem limitar o consumo de álcool no primeiro encontro com alguém, com 26% delas optando por se abster completamente do consumo de bebidas alcoólicas.

O estudo mostra, ainda, que as mulheres são menos propensas a enfrentar seu ‘date’ em uma situação desconfortável ou potencialmente insegura, com apenas 3 de 10 mulheres (33%) pesquisadas dizendo que seriam honestas sobre um comportamento ou situação que as deixa desconfortáveis durante um primeiro encontro, contra 57,6% dos homens pesquisados. Comparativamente, menos de 6% das mulheres pesquisadas acham que poderiam solicitar ajuda da equipe ou do gerente. Em vez disso, quase 5 em cada 10 mulheres no estudo (46%) disseram que pediriam a um amigo para ligar para elas com uma desculpa para que pudessem fugir rapidamente do encontro, evitando assim um confronto potencialmente inseguro.

Quando questionados, mais da metade dos respondentes (54%) disseram que nunca se encontraram em uma situação desconfortável durante um primeiro encontro com alguém que conheceram online. Cerca de 52% dos usuários Millennials e 60% dos entrevistados da Gen Z concordaram com essa afirmação.

Bumble Spots: promovendo primeiros encontros mais seguros

Pensando nessa realidade, o Bumble lançou recentemente no Brasil a campanha “Bumble Spots” – uma nova alternativa para os solteiros se encontrarem na vida real, após se conectarem no aplicativo, para desfrutarem de uma experiência de primeiro encontro mais segura. A ação veio em meio à recente aprovação pela Câmara de São Paulo do “Não Se Cale”, um projeto que obrigará funcionários de bares e boates a apoiar vítimas de assédio e violência sexual em seus estabelecimentos.

“Escolher um local adequado para um primeiro encontro pode ser desafiador, e onde você conhece alguém pela primeira vez pode ter um impacto no resultado do encontro e na capacidade das pessoas de relaxar e ser autêntico”, disse Alice Johnston, gerente sênior no Bumble. “Através do nosso programa Bumble Spots, certificado pela Livre de Assédio, queremos ajudar a nossa comunidade a encontrar espaços divertidos, únicos e seguros para desfrutar dos primeiros encontros, em que se sintam apoiados por colaboradores formados e prontos a intervir, se necessário”.

A campanha “Bumble Spots” consiste em parcerias entre o aplicativo e um grupo de estabelecimentos criteriosamente selecionados e comprometidos em oferecer um espaço mais seguro aos seus clientes. O Bar Solara, bar de coquetéis de alto padrão, localizado na Vila Madalena em São Paulo, se tornou o primeiro Bumble Spot da cidade no início deste ano. Após abrir suas portas em 2022, o estabelecimento foi reconhecido com o Prêmio Melhor Lista de Drinks 2022, apenas 40 dias após sua inauguração. Para se tornar um Bumble Spot, a equipe passou por um processo rigoroso de treinamento e sensibilização que os auxilia a reconhecer e ajudar os clientes, especialmente mulheres, caso sofram assédio ou violência sexual.

“Quando as pessoas saem para tomar um drink ou se encontrar em um bar, querem se divertir, relaxar e curtir a companhia dos outros com segurança. Como nosso foco é a hospitalidade, queremos garantir que o Solara é um lugar onde todos se sintam cada vez mais confortáveis, acolhidos e seguros, principalmente as mulheres”, comenta Bruno Acioli, fundador do Bar Solara. “Estamos animados por nos unirmos ao Bumble em sua missão de ajudar mulheres e pessoas em geral a encontrar alternativas mais seguras para se conectar e ter uma experiência agradável e memorável”.

O treinamento é certificado pelo Livre de Assédio, uma empresa que atua desde 2017 na prevenção do assédio em locais públicos, construindo uma rede de organizações e aliados que se diferenciam pelo compromisso de criar e manter espaços seguros para mulheres e pessoas vítimas de assédio.

“Esta iniciativa é extremamente importante para proporcionar à comunidade do Bumble a segurança necessária para ter a experiência esperada. Ao escolher espaços que atendem a critérios de segurança e ao nos convidar a treinar a equipe para prevenir o assédio e a violência usando os melhores protocolos preventivos, o Bumble dá um exemplo de como as organizações podem ajudar a cuidar de suas comunidades. Principalmente quando temos, no Brasil, casos crescentes de violência de gênero, misoginia nos espaços digitais e fraudes digitais. Temos orgulho de ser parceiros para criar espaços onde as mulheres possam aproveitar ao máximo suas vidas”, disse Ana Addobbati, fundadora e CEO do Livre de Assédio.

Ao longo da parceria com o Solara, usuários do Bumble poderão aproveitar as instalações do app dentro do bar e receberão, ainda, um drink cortesia em seu primeiro encontro no local.

“A segurança da nossa comunidade sempre foi uma das principais prioridades do Bumble. É por isso que estamos tão entusiasmados em ajudar a fornecer às mulheres em São Paulo caminhos mais seguros para falar e obter o respaldo adequado se enfrentarem uma situação desconfortável ou potencialmente situação insegura durante um encontro”, disse Johnston em um comunicado. “Continuaremos trabalhando para obter mais parcerias como esta, com estabelecimentos que compartilham nosso compromisso com conexões saudáveis e gentis”, concluiu.

SOBRE O BUMBLE

Bumble, o primeiro aplicativo de namoro e rede social onde as mulheres dão o primeiro passo, foi fundado pela CEO Whitney Wolfe Herd em 2014. O Bumble conecta pessoas em namoro (Bumble Date), amizade (Bumble BFF) e networking profissional (Bumble Bizz). O Bumble se baseia na importância de relacionamentos equitativos e em como eles são cruciais para uma vida saudável e feliz. Eles construíram sua plataforma em torno de bondade, respeito e igualdade – e sua comunidade desempenha um papel importante nisso. O Bumble responsabiliza seus usuários por suas ações e se esforça para fornecer a eles uma experiência livre de ódio, agressão ou intimidação. O Bumble é gratuito e amplamente disponível na Apple App Store, Google Play Store e na web.

JORGE RORIZ