Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

A absurda extinção do seguro DPVAT

Bolsonaro extingue seguro obrigatório para veículos, o DPVAT”- Segundo o governo, medida não desampara os cidadãos no caso de acidentes, porque há atendimento gratuito e universal por meio do SUS- A PERGUNTA. E como compensar o SUS da perda de receita no valor de 2,5 bi? Vou lembrar que falamos do seguro anual para automóveis particular, taxis e carros de aluguel de R$ 12,00, Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete R$ 33,00, Máquinas de terraplanagem, tratores de pneus com reboques acoplados, caminhões ou veículos “pick-up”, reboques e semirreboques, R$ 12,56 e Motocicletas e motonetas: R$ R$ 80,11. Fato, é ilegal qualquer projeto que retire receita sem a comprovada compensação como é ilegal qualquer projeto que não aponte a fonte financiadora e por isso essa MP É ILEGAL, IMORAL E SÓ ENGORDA A IGNORÂNCIA DOS FANÁTICOS. Com certeza algum partido vai questionar a legalidade da MP no STF que tem que derrubar a medida e de qualquer forma se houver uma demora na queixa isso não pode passar na CCJ e nem no plenário. O governo ainda fala que a economia na administração gerada com o fim do seguro seria repassado para o SUS -cerca de 4 bi- isso porque dos 8 bi arrecadados por ano, 4 bi é destinado a administração do seguro, mas ai pergunto. ECONOMIA DE QUE, JÁ QUE NÃO VAI MAIS HAVER O RECOLHIMENTO? Bolsonaro além de ignorante está cercado de. PONTO

Ricardo Athayde Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.