“A maior arte é saber ficar em silêncio. Não apenas ficar sem falar com os lábios, mas sem falar com a mente. Quando a mente está tranquila, todo seu ângulo de visão muda. Ao invés de atacar os problemas, ela começa a perceber as oportunidades, as coisas boas da vida. E, nessa discriminação que vem do silêncio, residem todas as outras artes. As artes que tornam a vida um prazer e um desafio, como por exemplo, a forma de falar uns com os outros, de divertir os outros; de aceitar uns aos outros. E também a arte de como ser feliz não apenas juntos, mas sozinho.”

Fonte: Brahma Kumaris

“Na parede de um antigo Monastério encontra-se a seguinte inscrição oferecida a um irmão: ” Se a palavra que você está prestes a dizer não é tão bela quanto ao silêncio, não diga” Esta regra de ouro tem o sentido de cultivarmos o Silêncio interior, de modo a podermos escutar profundamente, falar menos e fazer mais, com a humildade e reverência. Esta atitude é o que se faz necessário para comungarmos com a Assembleia de mentes e corações unidos nesta tarefa benévola. Ela ocorre como resultado do esforço investido em mudarmos a nós mesmos e contribuirmos para o bem-estar de todos a partir da Luz  interior.

O primeiro passo para desencadear a TRANSFORMAÇÃO INTERIOR consiste simplesmente em começar a escuta seu próprio íntimo e examinar a qualidade de seu pensamentos. Isto precisa ser feito regularmente para que possa surgir algum efeito. O fato de observarmos nossos pensamentos pode revelar de que somos feitos. Pouco a pouco nos vêm pensamentos  que nos impelem a corrigir aquilo que é inarmonioso. Escutando mais profundamente, os passos para a restauração e a regeneração vêm em nosso auxílio. Agindo desta maneira, ajudamos as forças interiores a se manifestarem tais como as visualizamos.

Mudamos à nós mesmos, podemos mudar os outros pelo exemplo do nosso ser, sem fazermos pregações nem proselitismos. Simplesmente por sermos fiéis ao nosso Mestre interior, irradiamos essa luz interior para todos aqueles que se aproximam de nós.

Que possamos compreender que a PAZ inicia em  nossa mente e em  nosso coração.”

Fontes Folheto “O Templo do Silêncio”. Rosacruz 

Livro: “Shambala, Oásis de Luz” – de Andrew Tomaz

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial