A cidade do MTST

A Vila Soma situada na cidade de Sumaré, São Paulo, possui 32 ruas, 80 casas comerciais, não possui rede de água, luz e esgoto. A area total é de um milhão de metros quadrados. E está totalmente controlada pelo MTST.

Diz o jornal Estadão: “a área avaliada R$ 100 milhões estava destinada ao pagamento judicial de 200 credores com dívidas trabalhistas, tributárias e outros serviços da massa falida das empresas Melhoramentos Agrícolas Vifer e Soma Equipamentos Industriais, que quebraram em 1990, com falência desde 2008. O caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF), onde há dois anos aguarda julgamento.”.

Embora eles neguem, o MTST vende lotes e casas a partir na faixa de R$ 15 a R$ 20 mil reais.

E cobra taxa de água, e Luz que na verdade é “gato”. ( roubo de energia  e água da cidade paulista).