A estranha contagem dos votos e a irresponsabilidade do populismo

Em alguns momentos o presidente da Câmara, Rodrigo Maia afirma que o governo não tem votos, em outros momentos diz que tem.
Ontem foi anunciado que os votos já ultrapassavam os 308 necessários, ontem á noite o Estadão publicou a notícia que faltam 56 votos.
O governo insiste em aprovar a reforma este ano, o presidente do Senado, Inocêncio Oliveira, diz que é impossível votar no Senado ainda este ano.
Os parlamentares irresponsáveis ainda não entenderam a importância da aprovação.ou simplesmente sabem , mas preferem ficar bem na “fita” com o povão que é contra.
Muitos usam a ignorância popular para ficar contra a reforma e ganhar votos e que o país se exploda em crise. Eles já estarão eleitos.
Quando Osvaldo Cruz quis vacinar o povo contra a febre amarela, ele foi humilhado pelo povo, quase morre de tantos que foram os protestos.
Após a aplicação da vacina, o povo passou a endeusar o cientista.
O exemplo citado serve para comparar Michel Temer.
O povo é contra as suas ações, mas os resultados positivos já estão surgindo no bolso dos que conquistaram o emprego ou dos que por trabalho próprio passou a ganhar mais.
A ignorância eis a desgraça da humanidade.
Ainda tem gente que acredita que a reforma não vai melhorar em nada quando o problema ocorre em todos os países.
Todos os meses o governo precisa cobrir o rombo. Dinheiro que poderia ser usado para educação, saúde, segurança.
Temer vai sair em dezembro de 2018.
Será que estão pensando que a reforma é para que o dinheiro vá para o bolso dele?
Vou dá um exemplo do populismo: Dilma na véspera das eleições, reduziu a tarifa de energia elétrica. O povo ficou muito feliz. Ela fez isso com se os preços pudessem ser feito por decreto e não por custo/lucro/ investimento/ melhorias do serviço. Resultado: ela quebrou o setor elétrico. E até hoje estamos pagando a conta da irresponsabilidade. No primeiro dia de sua posse, ela aumentou a tarifa de energia em 80%. Já estava eleita.O povo foi enganado.
Om povo ficaria feliz se o presidente Temer fizesse a reforma colocando a idade de 50 anos para todos se aposentarem.
Quando o rombo chegasse ao ponto dos aposentados não poderem receber, ele já estaria fora do governo ou talvez no plano espiritual
Seria maravilhoso para o povo que o salário mínimo pudesse ser a partir de janeiro de 2018, R$ 5.000,00.
Mas quando as empresas quebrassem o desemprego aumentasse o que seria do país?
Os ditadores populistas fazem isso, O Chávez chegou a criar o ministério da felicidade e Maduro prende quem não vender do preço que ele quer.
Como o capitalismo não funciona por decreto, a Venezuela está destruída e o povo faminto.
A irresponsável Dilma também congelou os preços dos combustíveis para passar o ar de progresso e prosperidade. Isso somados aos roubos do petrolão, quase quebra a Petrobras ( e hoje pagamos a conta de ter a gasolina mais cara do mundo. Tem que tirar o atraso dos aumentos necessários não concedidos. O governo responsável paga a conta com a fama de miserável pela irresponsabilidade do governo anterior.
Resumo: o CAPITALISMO PODE NÃO SER UM BOM SISTEMA, MAS AINDA NÃO INVENTARAM UM MELHOR.
O COMUNISMO PREGA A FALSA CRENÇA QUE EXISTE ALMOÇO GRÁTIS, MAS COMO ISSO NÃO É VERDADE, ALGUÉM TEM QUE PAGAR A CONTA E SEMPRE SOBRA PARA TODOS ( RICOS E POBRES).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.