Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

A Farsa da PF envolvendo Palocci

Glenn Greenwald, via Twiiter

Do grande arquivo de documentos da PF que obtivemos, nosso primeiro artigo: um campo bolsonarista de delegados está abusando de seu poder ao tentar falsamente identificar Palocci e o PT como os comandantes do hackeamento Lava Jato, usando táticas corruptas iguais as da LJ.

Esta trama secreta tem só fins políticos. Os documentos deixam claro que a PF sabe que Palocci não teve nenhum papel no hacking. Mas ameaçaram o hacker acusado mais jovem (19) com uma longa condenação até que ele assinasse uma delação, e então inventaram uma piada de conexão.

O objetivo desse esquema não é formalmente denunciar Palocci – sabem que não há provas -, mas vazar o inquérito para a imprensa à medida que se aproxima a eleição, a fim de criar no eleitorado a percepção de que o PT pagou e engendrou esses hacks.Setembro Roxo – Vibrose Cística

Eles tentaram reivindicar Palocci como comandante somente após seus efeitos, para ameaçar o acusado e me identificar e/ou
@Manuela falhou. O juiz que aprovou o inquérito e o ordenou em sigilo, Ricardo Leite, já provou reiteradamente seu lado, contra eles e a favor de Moro.

A teoria do PF é uma piada óbvia. Encontraram um cara que Palocci nomeou para o cargo em *2001* que tem uma filha que uma vez namorou um cara que estava na mesma aula que Delgatti. Essa é a base única e completa do inquérito da PF. Concluíram que não há outra evidência.