Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

A lista dos que votaram contra e a favor da urgência – LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE

 

Quem não está na lista acima  votou NÃO. Só teve uma abstenção.

Metade dos senadores que patrocinaram a manobra para agilizar votação do pacote anticorrupção está na Lava Jato. Dos 14 senadores que votaram em favor da urgência, 7 são investigados na Lava Jato. Dentre esses, a Polícia Federal pediu o arquivamento dos inquéritos de dois senadores do PT, mas o pedido ainda não foi respondido pelo Supremo.


“Achei inacreditável. Eu não quero crer que, a escopo de aprovar uma lei de abuso de autoridade, um presidente de Poder possa ter abusado do poder para atingir interesses que não sei quais são. Continuo confiando nas instituições do Brasil, no Senado da República, muito atento aos anseios da sociedade. Me recuso a acreditar que tenha havido uma manobra para, abusando do cargo que exerce, conseguir algum retorno para si próprio”.

 

“Me recuso a acreditar que tenha sido uma retaliação pelo fato de uma denúncia oferecida contra ele estar sendo julgada exatamente hoje pelo STF. Me nego a acreditar nisso”.

RODRIGO JANOT – PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA

Fonte: O Antagonista