A lógica invertida de Bolsonaro

Após ter o passaporte apreendido e em pleno carnaval, Bolsonaro foi  conversar com seu amigo embaixador e  vizinho, e se hospedou na casa dele por dois dias. A conversa foi muito longa. Levou cafeteira, pijama, e passo dois dias morando e dormindo lá. isso para “debater temas  políticos”. Bolsonaro mora em uma mansão a poucos quilômetros da embaixada da Hungria.

Chegou sem avisar, e sem ser esperado. Na hora teve arrumação as pressas, dá para perceber pelas imagens dos vídeos.

Diz ter recebido um convite (para dormir lá dois dias?) e não disse a ninguém. inclusive disse aos seguidores das redes sociais que estaria em uma manifestação no mesmo dia da hospedagem Mentiu para não ser localizado? O filho dele afirmou que não sabia onde ele estava, e para Bolsonaro não tem lógica pensar que ele queria fugir.

Com  a palavra o procurador da República, que não é idiota e nem palhaço. “Xandão” aguarda o parecer.
JORGE RORIZ