Nelma Mitsue Penasso Kodama ficou conhecida como “a Dama do Mercado de câmbio”. Ela tentou embarcar com 200 mil euros na calcinha no aeroporto de Guarulhos e foi presa em flagrante pela Polícia Federal Nelma foi investigada, presa e condenada no esquema da Petrobras, pela força-tarefa do Ministério Público Federal, na Operação Lava Jato.

Em 20 de junho de 2016 foi solta, passando para prisão domiciliar após firmar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF)

Doleira Nelma Kodama diz que teve que comer coração de rato na prisão da Lava Jato

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial