A pressa de Bolsonaro é por motivo político e não pela saúde do povo

A pressa de Bolsonaro é por motivo político e não pela saúde do povo

O presidente Jair Bolsonaro enviou ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, uma carta pedindo a antecipação “com urgência” do fornecimento de dois milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus.

O Planalto corre contra o tempo e quer evitar deixar o protagonismo da imunização nas mãos do seu principal inimigo político, no momento, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Para que essa pressa, para que essa angustia ? dizia Pazuello
Se Bolsonaro tivesse pressa para iniciar a vacinação, ele não pedido ao ministro Pazuello para não comprar a vacina CORONAVAC.
Se Bolsonaro tivesse pressa de iniciar a vacinação, ele teria fechado o contrato com a Pfizer em agosto para fornecimento de 70 milhões de doses em janeiro, conforme ofereceu a Pfizer.

A pressa de Bolsonaro é apenas para disputa política com Doria não é pensando no povo brasileiro.

 

DEIXO REGISTRADO QUE A PRIMEIRA VACINA NO BRASIL A SOLICITAR O USO EMERGENCIAL FOI A DO INSTITUTO BUTANTAN. O PEDIDO OCORREU NESTA SEXTA- FEIRA, 08/01 PELA MANHÃ. A TARDE A DE OXFORD FEZ O SEGUNDO PEDIDO.