“Água é um bem mais essencial que a gasolina”, diz Rui Costa a Paulo Guedes

 

Ao criticar o presidente Jair Bolsonaro durante o Fórum Nacional de Governadores, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), entrou em rota de colisão com ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta terça-feira (11).

Costa confrontou Guedes ao comentar sobre as provocações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro aos governadores com relação ao preço da gasolina. Segundo o governador da Bahia, o aumento do preço do combustível não tem a ver com impostos, mas com decisões políticas do ex-capitão. “A atual política da Petrobras é uma opção do Governo Federal de diminuir o refino no Brasil e comprar derivados do petróleo do exterior, dolarizando o preço do combustível”, afirmou.

Em seguida, o governador destacou que entende que há bens muito mais importantes para um abatimento fiscal do que a gasolina – citando o caso da água para o semiárido. “Eu gostaria de ver o Governo Federal tirando o PIS/COFINS do abastecimento de água do semiárido nordestino. Tem dois anos que eu retirei o ICMS da água. Não tem porque o Governo Federal cobrar, encarecer o preço da água, do semiárido”, declarou.

“A água é um bem mais essencial do que a gasolina, então seria interessante o Governo Federal reduzir”, propôs. “Só no ano passado, o Governo Federal tirou do estado da Bahia de PIS/COFINS sobre a água mais de R$ 200 milhões”, completou.