Aos defensores de Chico Buarque

O bom senso determina que cada um tem o direito de adorar o ídolo que quiser, portanto Chico pode adorar seu amigo Lula, mas dentro de sua inteligência tem de ter o discernimento de reconhecer as falhas do mesmo, o que nunca acontece – para ele toda a baderna que estamos passando é culpa da oposição. Isto radicalismo, fanatismo e bajulação, sentimentos mais vulgares que alguem pode ter. Aí temos que lembrar do grande Millor quando disse : – Democracia é quando eu mando em você; ditadura é quando você manda em mim”. Assim, suas qualidades como escritor e compositor são condições distintas, à parte.

Chico precisa descer de seu pedestal e reconhecer a desgraça provocada pelo PT no país, o emaranhado de corrupção e olhar também pelo espelho retrovisor para saber que, sistematicamente, os brogueiros petistas (confessado por Rui Falcão na TV) agridem, anonimamente (porque são covardes) seus adversários com palavras de baixo nível, como já aconteceu comigo inúmeras vezes. Existe até um blogue – “O esquerdopata” – onde estão relacionado todos que não os agradam e onde consta até meu antigo endereço. Portanto, a reação do povo, embora exagerada, se entende por ninguém agüentar mais tanta falta de caráter dos políticos que não possuem mais currículo mas sim, prontuário.

João Roberto Gullino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.